Movimento retilíneo uniforme

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4103 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS
DEPARTAMENTO DE FÍSICA - LABORATÓRIO DE FÍSICA I

MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORME
(M.R.U)

Acadêmicos | R.A | Turma | Professor(a) |
Edson Sales Junior | 60680 | 52637-5 | Hatsumi Mukai |
Rodolfo Pelissari Roma | 60827 | | |
Vitor Eugênio Finco | 61646 | | |

Maringá
18/04/2010

SumárioPágina(s)
Resumo 3

1. Introdução 4 e 5

2. Desenvolvimento Teórico 6 a 9

3. Procedimento Experimental 10 a 19
3.1 - Descrição dos Equipamentos 10 a 12
3.2 - Descrição do Experimento12 a 13
3.3 - Dados Experimentais 13
3.4 – Interpretação dos Resultados 14 a 19

4. Análise dos Resultados
4.1 - Teoria de Erros

5. Conclusão

6. Bibliografia

Resumo

Neste experimento foi utilizado um trilho de arnivelado horizontalmente prar simular uma superfície sem atrito, com o objetivo de determinar a equação de movimento e a relação de proporcionalidade entre o espaço e tempo. Na interpretação dos resultados foram utilizados dois métodos para a análise da proporcionalidade: via normalização e via papel di-log. Com o decorrer do experimento concluímos que o espaço (S) é diretamente proporcional ao tempo(t), sendo representado da seguinte maneira: S α t, estando esta relação coerente com a literatura. E, obtivemos que a equação geral do movimento é dada por .

1. Introdução

Na natureza tudo se move, os animais geram seus próprios movimentos e os vegetais e minerais são movidos por uma força externa provinda da própria natureza.
Reduzindo-se ao tamanho microscópico, podemos observar que atémesmo em uma gota d’ água existe minúsculos seres vivos se movimentando.
Embora não se consiga vê-los nem com ajuda dos melhores microscópios, de tão pequenos que são, os átomos que compõem os corpos também estão em constante movimento.
Nos átomos existem partículas milhares de vezes menores que o próprio átomo, chamadas elétrons, que giram em grande velocidade ao redor de núcleos centrais.Aumentando a perspectiva, podemos perceber que até mesmo o planeta Terra possui movimentos, como o movimento de translação e rotação em referência ao Sol e ao seu próprio eixo, respectivamente. Sendo esses os que definem as estações do ano (translação) e a alteração dia-noite (rotação).
Contudo, não só nosso planeta está em movimento, mas também todos componentes do Universo, como: Galáxias, estrelas,satélites naturais, entre outros, estão se movimentando constantemente.
O conceito de movimento é de importância fundamental para a Física. Nesse experimento não serão levados em consideração os fatores que fizeram com que o corpo adquirisse movimento (como o fato de existirem forças externas agindo sobre o corpo), mas sim o movimento em si, ou seja, o estudo da Cinemática.
Entretanto devem serlevados em consideração dois outros fatores, que convergem para a definição de movimento: o tempo e o comprimento (espaço).
A medida de tempo é baseada num único princípio simples: contar. Qualquer fenômeno que se repete é um possível padrão de tempo. No Sistema Internacional de Unidades (S.I.) é utilizado o segundo(s) como padrão, por isso em muitos experimentos o tempo decorrido será expostopor essa unidade.
Uma das primeiras maneiras para definir o comprimento padrão, sendo este expresso no Sistema Internacional (S. I.) como metro, foi a aferição da distância de um décimo de milionésimo (10-7) do Pólo Norte ao Equador. Com o desenvolvimento da tecnologia e com a necessidade de aprimoramento o homem vem aprimorando o método de medir essa grandeza, então passou se a definir o metro...
tracking img