Movimento quilombola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (823 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]




















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO3

2 DESENVOLVIMENTO 4

3 CONCLUSÃO 7

REFERÊNCIAS 8


INTRODUÇÃO

O texto a seguir relata as dificuldades, enfrentadas pelas comunidades de quilombolas perante as políticaspúblicas, a descriminação social e o total descaso por parte dos gestores públicos, da real necessidade de desenvolver medidas de inclusão mais eficazes.








DESENVOLVIMENTOO Brasil é um País onde pode se encontrar uma grande diversidade cultural, que está presente na cultura, raças, etnias, crenças enfim nas particularidades dos conjuntos de expressões naturais esócio-culturais.
Essa identidade que unem certos grupos sociais muitas vezes não é respeitada pela sociedade, que resulta no processo de exclusão, desigualdade social e preconceitos.A população afro-brasileira e os quilombolas sofrem até hoje com o descaso por parte dos gestores públicos, que não desenvolvem políticas eficaz, respeitando as diferenças étnico-raciaistendo um olhar mais aprofundado sobre sua real necessidade, como saneamento básico, saúde, educação e lazer, a um enorme desconhecimento por parte dos gestores.
As comunidadesremanescentes de quilombolas são grupos sociais cuja identidade étnica os distinguir do restante da sociedade, uma das principais características não eram as fuga e sim sua resistência e a autonomia.São isoladas, abandonadas, excluídas muitas vezes é confundida com uma vila qualquer no meio do mato, seus moradores não têm acesso ao serviço de assistência social, lazer, cultura e o serviçopúblico de saúde, que possa atender os jovens e idosos, pois não a programas como o da saúde da família que atenda essas comunidades.
Menos de 15,6% dos jovens é atendida por programas do...
tracking img