Motivação, liderança, comunicação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4729 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Motivação
Motivação é a ação de motivar

Motivar é um verbo que vem de mover, sair da zona de conforto e procurar algo que o estimule. Quando o ser humano se move, leva, conduz a fazer alguma coisa, ele está motivando a realizar, a produzir, a envolver-se com uma atividade. Há estímulos do meio exterior que movem (motivam) a pessoa a agir (a luz forte leva a fechar os olhos), e há estímulos dointerior da pessoa que levam (movem) a agir.
Esses estímulos interiores são chamados de NECESSIDADES.
- As necessidades movem a pessoa a agir.
- A necessidade de fome move (motiva) o indivíduo a procurar alimento.
- A necessidade de sexo leva (motiva) o homem a procurar a mulher.
1. A pessoa não é simplesmente motivada para o trabalho, de uma maneira geral. Há estímulos interiores que movem(motivam) a pessoa ao trabalho: dinheiro, posição, status, desempenho de liderança, necessidade de poder, segurança, necessidade de consumir, necessidade de ter amigos.
2. Acredita-se que num nível mais elevado de motivação, existam três tipos de necessidades: de REALIZAÇÃO, de PODER e de ASSOCIAÇÃO.
A pessoa com necessidade de Realização é empreendedora, dinâmica e toma a iniciativa nasdecisões. Sentem-se bem em realizar, inovar, e dinamizar situações.
Quando a pessoa sente necessidade de Poder, ele é levado (motivado) a agir em função desse chamado interior (carência-necessidade). Então se diz que ele tem motivação para comportamentos de poder.
As pessoas que sentem necessidade de companhia, amigos, relacionamentos, se motivam (motivação) para as ações ou interação com pessoas.Motivação é definida normalmente como um estado interior que estimula, dirige e mantém comportamento. Os psicólogos ao estudarem a motivação, tentaram responder perguntas, como que escolhas as pessoas fazem em relação ao seu comportamento, o que faz uma pessoa persistir ou desistir de uma atividade, qual o nível de envolvimento na atividade escolhida e o que pensa e sente o indivíduo durante esseenvolvimento, entre outras.
O que faz então que nos sintamos motivados, sendo que sentir-se motivado é mover-se energicamente em direção a um objeto? Pode-se responder: impulsos, necessidades, incentivos, medos, objetivos, interesse, pressão social, crenças, valores, expectativas, entre outras. Alguns psicólogos explicam a motivação em termos de traços pessoais. Outros a vêem como um estado, umasituação temporária. Como é óbvia, a resposta mais correta será uma combinação das duas.
Algumas explicações, se baseiam em fatores pessoais internos, como por exemplo as necessidades, os medos e os interesses. Nas outras são os fatores ambientais externos que estão em foco – a pressão social, os incentivos.
Desta divisão, vem a divisão principal que podemos fazer dos tipos de motivações:intrínseca e extrínseca.
Motivação intrínseca: é a tendência natural de procurar e vencer desafios à medida que perseguimos interesses pessoais e exercemos aptidões, sendo que não são necessárias recompensas para prosseguirmos a atividade, já que esta é recompensadora em si mesma. Foi definida por James Raffini como “o que nos motiva a fazer algo, quando não temos de fazer nada”.
Motivação extrínseca:será a motivação baseada numa recompensa, ou numa atividade de evitar o castigo, ou seja, quando exercemos uma determinada atividade devido a uma razão que pouco tem a ver com a dita.
Não é fácil distinguir uma motivação da outra observando apenas o comportamento. A diferença essencial está na razão da pessoa para agir. A motivação é intrínseca se a razão vier de dentro da pessoa, extrínseca se vierde fora. Muitas vezes, podemos nos sentir tentado a assumir que um determinado comportamento é motivado intrínseca ou extrinsecamente, sendo que na maioria das vezes a motivação é intermediária, como no caso em que a pessoa internaliza uma causa externa, ou seja, quando toma como suas razões, as razões que inicialmente eram externas.
No ensino, ambas as motivações são importantes. É vital...
tracking img