Mortalidade infantil de empresas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1270 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Mortalidade infantil das empresas
Atualmente, 98% dos 5,1 milhões de estabelecimentos privados no Brasil são compostos por micro e pequenas empresas, e apenas 2% representados por médias e grandes empresas. Dentre os principais setores econômicos de atuação das micro e pequenas empresas, destacam-se: prestação de serviços a empresas, alojamento e alimentação, mini-mercados e mercearias, varejode vestuário, varejo de materiais de construção e construção civil.
São abertas anualmente 470 mil novas micro, pequenas e médias empresas no Brasil, classificando o país em 10º. lugar no ranking de empreendedorismo divulgado pelo Global Entrepreneurship Monitor. Porém, a taxa de mortalidade de 59,9% entre empresas com apenas 3 anos de atividade reflete a dura realidade enfrentadadiariamente por esses empreendedores na luta pela sobrevivência. 
Um antigo provérbio chinês afirma: “Aquele que não sabe sorrir não deve abrir uma loja”. O empreendedor bem-sucedido é sempre um vendedor nato, caso contrário já teria encerrado suas atividades com menos de três anos. Não obstante, apenas habilidades comerciais, energia e perseverança não sustentam um negócio. Nas palavras daSuperintendente do Magazine Luisa, Luisa Helena Trajano: “Qualquer empresa, pequena, média ou grande, pode sair do mercado se não souber controlar o fluxo de caixa. Falta de lucro dá até para segurar, mas descontrole no fluxo é fatal. Se o fluxo de caixa estiver descontrolado, quanto mais você vende mais perigoso é. Cliente, funcionário e fluxo de caixa são o pedestal da empresa”.
 
As melhores práticas degestão e de planejamento são necessárias, embora não suficientes, ao sucesso empresarial independentemente do porte da empresa, tal como os princípios básicos de aerodinâmica são aplicáveis tanto na pilotagem de um pequeno avião monomotor como na pilotagem de um Boeing 787. Os controles de vôo podem ser mais ou menos complexos, o número de tripulantes pode ser maior ou menor, o orçamento pode sermaior ou menor, os pilotos podem ser mais ou menos qualificados, o nível de tecnologia pode ser mais ou menos avançado, mas os verdadeiros princípios aerodinâmicos são exatamente os mesmos.
Nas PEQUENAS EMPRESAS veja um estudo sobre mortalidade e estabilidade:
As Pequenas Empresas sempre exerceram um papel proeminente na economia de seus países. Essa importância pode ser verificadaperante vários aspectos como: contribuição significativa na geração do produto nacional; absorção de mão-de-obra, inclusive a menos qualificada; desempenhando importante papel de interiorização do desenvolvimento; caráter predominantemente nacional, pois há utilização absoluta do capital privado nacional; desempenho de atividades de auxílio às grandes empresas, como distribuição e fornecimento,atividades as quais efetuaria com pouca eficácia.
Para certas atividades econômicas, do ponto de vista econômico-social, as Pequenas e Médias Empresas são mais eficazes que as grandes, no entanto, os índices de mortalidade das Pequenas são elevados.

Os motivos podem ser de ordem externa ou interna:

Externos: o que ocorre é que os preços de compra são impostos pelosfornecedores e os de venda pelos clientes, assim as Pequenas acabam sendo esmagadas no meio desse “sanduíche”.
Pode agravar mais ainda o problema a má política econômica de um País, especialmente quando os impostos são exageradamente cobrados (no Brasil ultrapassa em muito 40%), os juros são os de agiotagem (os mais altos do mundo), não se investe o dinheiro público em obras de expressão e nem sepossibilita facilidade aos pequenos empreendimentos participar das compras públicas.
A todo esse conjunto de erros se ainda se acrescenta uma retardada, abusiva e improdutiva burocracia fiscalista, paralelamente a uma negligência dos parlamentos em corrigir tais mazelas o quadro pior ainda fica (como ocorre no Brasil atualmente).
Internos: destacam-se a baixa capacidade de adaptação a...
tracking img