Mortalidade das empresas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2418 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO
O presente estudo tem como objetivo identificar os fatores que levam a mortalidade das micro empresas nos primeiros anos de existência, bem como, as formas de evitar. Atualmente, ter o próprio negócio deixou de ser um sonho inalcançável. Hoje, há em torno de 7.102 micro e pequenas empresas formais no município de Tubarão. De cada 100 empresas, 99 são de pequeno porte e geram 60% dospostos de trabalho no município. Mas a grande maioria vivencia essa aventura e acaba cessando suas atividades nos primeiros anos. A pesquisa caracteriza-se como descritiva e de natureza quantitativa. Logo, iniciou-se o estudo com a utilização da pesquisa bibliográfica e posteriormente foi realizada uma pesquisa de campo, através de um questionário que foi aplicado a uma amostra composta por 26 micro epequenas empresas situadas no município de Tubarão. A partir da análise das respostas obtidas identificou-se vários fatores que podem levar as micro e pequenas empresas ao fracasso prematuro. Constata-se, que a causa da mortalidade ocorre devido a vários fatores condicionantes desse fenômeno, sendo respectivamente a concorrência acirrada, a carga tributária elevada, a falta de capital de giro, ea inadimplência.

Palavras-chave: Micro e pequenas empresas. Mortalidade. Sucesso.


1 INTRODUÇÃO

Atualmente, possuir um negócio próprio tem sido o grande sonho de várias pessoas. Observa-se que o brasileiro apresenta dois sonhos: um é ter a casa própria e o outro é ser dono do próprio negócio, ou seja, é ser empresário.
Todos os dias, várias empresas são constituídas, e diante disso, omercado apresenta uma imensa variedade de micro e pequenas empresas, demonstrando a vitalidade de nossa economia. Por outro lado, o número de empresas deste porte que encerram suas atividades é preocupante. A mortalidade prematura dos negócios é elevada. Conforme Hisrich e Peters (2004, p.6) “começar e operar um novo negócio envolve considerável risco e esforço”.
De acordo com dados do ServiçoBrasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas-SEBRAE, até o ano de 2010, foram criados em Tubarão cerca de 7.162 estabelecimentos, nos quais 99% eram Micro e Pequenas Empresas- MPEs. Apesar do interesse pela atividade empresarial, as estatísticas demonstram um quadro pouco otimista. Segundo estudo recente do SEBRAE, 30% das empresas não sobrevivem nos dois primeiros anos. Esta proporção aumentaapós cinco anos de abertura da empresa: 50% não conseguem superar as barreiras e dar continuidade aos seus sonhos (HISRICH E PETERS , 2004).
Contudo, o fracasso não é algo incomum em muitos empreendimentos novos. Diante desse contexto surge a seguinte problemática: Quais os principais fatores que têm levado as micro e pequenas empresas sediadas na cidade de Tubarão à mortalidade precoce?
Nesseintuito, o objetivo geral dessa pesquisa é identificar os fatores que levam a mortalidade das micro e pequenas empresas nos primeiros anos de existência, bem como, as formas de evitar.
Para atingir o objetivo geral este será dividido em objetivos específicos, a saber: conceituar micro e pequenas empresas (a), demonstrar as causas condicionantes da mortalidade das micro e pequenas empresas (b) eapresentar os fatores que tornam os negócios bem sucedidos (c).
Para isso, realizou-se uma pesquisa descritiva, bibliográfica, levantamento de dados e de abordagem quantitativa.
Apesar de toda representação econômica exercida por estes empreendimentos eles encontram significativas dificuldades para sobreviverem no mercado. O SEBRAE (2004) ressalta que um dos maiores problemas das empresas é aquestão da sua sobrevivência. A mortalidade (fechamento) das empresas implicam a eliminação de postos de trabalho, na interrupção de um fluxo de renda (e produção), na perda de recursos investidos e, no plano pessoal, na frustração das expectativas depositadas no sonho do próprio negócio.
Devido à grande importância das pequenas e médias empresas, é que se faz necessário isolar os aspectos...
tracking img