Morfologia vegetal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2271 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Morfologia Vegetal: Interna e Externa

O parênquima é o representante principal do tecido fundamental e encontra-se em quase todos os órgãos da planta, formando um tecido contínuo, como, por exemplo, no córtex e na medula do caule e da raiz. As células possuem, em vez de cloroplastos, leucoplastos, que elaboram produtos de reserva a partir dos alimentos elaborados em maior quantidade que anecessária à célula. Parênquima como o da batata, em que as células armazenam amido em quantidade, denomina-se parênquima amiláceo. TECIDOS MECÂNICOS: COLÊNQUIMA E ESCLERÊNQUIMA O colênquima é o representante do tecido fundamental e encontra-se com a função de sustentação dos órgãos da planta, formando um tecido contínuo, do caule e da raiz. As células possuem, reforço de celulose e são maisflexíveis que as células do esclerênquima. O esclerênquima é um tecido constituído por células desprovidas de conteúdo celular, isto é, mortas, apresentando as paredes igualmente espessadas e quase sempre lignificadas. O esclerênquima é um importante elemento de resistência e suporte nas partes das plantas que terminaram os seus processo de alongamento. As células de esclerênquima são habitualmentedivididas em duas categorias: os esclerídeos e as fibras. A fibra é uma célula longa e delgada, ao passo que os esclerídeos variam de uma forma aproximadamente isodiamétrica (Zea mays).

CORTE EM RAÍZ E CAULE:
1. Raiz - Estrutura Primária Monocotiledônea Na estrutura anatômica da raiz de uma monocotiledônea - fig. 1, 2, 3 e 4 - como é o caso do milho (Zea mays L.) podemos distinguir: a epiderme(epd) constituída por uma camada de células vivas que reveste a raiz com crescimento primário (sistema dérmico); no sistema fundamental, a zona cortical ou córtex (ctx) constituída geralmente por células de parênquima e cuja camada mais interna é designada endoderme (end), formada por células cuja parede contém algumas zonas suberificadas; a parte externa da zona cortical pode designar-se deexoderme (exd) podendo apresentar várias camadas de células compactadas; o cilindro central (cc) que inclui o sistema vascular apresenta uma camada exterior de células em geral parenquimatosas, formando o periciclo (per), tecidos vasculares (feixes de xilema (xil) e de floema (flo) e, nas raízes desenvolvidas, observa-se a medula (med) zona central da estrutura, preenchida por células parenquimatosas.Na estrutura primária da raiz de monocotiledôneas os feixes vasculares são simples alternos. No seu conjunto, pela existência de vários feixes numa posição circular. Os feixes lenhosos (xilema) são constituídos por : elementos condutores, traqueídeos e elementos de vaso (evl) - fig.3 - dispostas estas últimas células em séries longitudinais formando vasos lenhosos. As paredes das extremidadesde cada elemento de vaso apresentam placas de perfuração (ppf) - fig. 3 - que permitem a movimentação livre da água de célula para célula. O floema (feixes liberinos) é, tal como o xilema, um tecido complexo constituído por: elementos de tubo crivoso dispostos em séries verticais formando os tubos crivosos; por células companheiras; por células de parênquima e, por vezes, fibras.

A estruturaanatómica da raíz do trigo (Triticum sp.) - fig. 5 - apresenta igualmente o crescimento primário característico das monocotilédoneas, observando-se a formação de uma raíz lateral (rzl) originada de células do periciclo, cuja multiplicação permite a formação de uma ramificação crescendo perpendicularmente ao eixo da raiz principal.

2. Raiz Primaria de Dicotiledôneas A estrutura da raiz de umadicotiledônea, ainda em crescimento primário, como é o caso do Ranunculus sp. - fig. 7 - apresenta as zonas anatômicas características da anatomia da raiz, epiderme (epd), zona cortical (ctx) e cilindro central (cc), limitado externamente pela endoderme (end).

O cilindro central, ocupado nesta estrutura apenas por tecidos vasculares, pela inexistência de medula, apresenta um padrão vascular...
tracking img