Mordida aberta anterior

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4084 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Caso Clínico

Tratamento da mordida aberta anterior: relato de caso clínico
Márcio José Reis*, Carla Nogueira Pinheiro**, Mirelle Malafaia***

Resumo Fazendo parte das más oclusões verticais, a mordida aberta anterior é motivo de grande preocupação na clínica ortodôntica. Podemos defini-la como sendo a presença de um trespasse vertical negativo existente entre as bordas incisais dos dentesanteriores superiores e inferiores. É uma má oclusão difícil de ser tratada e de estabilidade duvidosa, em decorrência da sua uma etiologia multifatorial. O prognóstico apresenta-se de bom a deficiente, dependendo das condições apresentadas: gravidade, etiologia e fase em que se inicia o tratamento. Possuin-

do uma maior predileção pela população infanto-juvenil, a mordida aberta anterior deveser corrigida o mais precocemente possível, proporcionando uma terapêutica mais simples e um prognóstico mais favorável. Uma abordagem multidisciplinar é necessária para a manutenção da oclusão normal obtida pelo tratamento ortodôntico. Portanto, o objetivo deste artigo é realizar uma breve revisão de literatura sobre a etiologia e os tipos de tratamento mais empregados na correção da mordidaaberta anterior, seguindo-se com a apresentação de um caso clínico.

Palavras-chave: Mordida aberta anterior. Alteração vertical. Estabilidade.

* Professor do Curso de Especialização em Ortodontia do Hospital Geral de São Paulo. Ortodontista clínico em Passos e Itaú de Minas / MG. ** Especialista em Ortodontia pelo Hospital Geral de São Paulo / SP. *** Especialista em Ortodontia pelo Hospital deGuarnição da Vila Militar / RJ.

88

Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 6, n. 4 - ago./set. 2007

Márcio José Reis, Carla Nogueira Pinheiro, Mirelle Malafaia

IntRodução A mordida aberta anterior pode ser definida como a presença de uma dimensão vertical negativa entre as bordas incisais dos dentes anteriores superiores e inferiores2. Nahoum13, em 1975, classificou a mordidaaberta em duas categorias: dentária e esquelética. As dentárias resultam da interrupção do desenvolvimento vertical normal dos dentes anteriores e as esqueléticas, por sua vez, envolvem displasias craniofaciais e caracterizam-se pela rotação no sentido antihorário do processo palatino, associada a um aumento da altura facial ântero-inferior, com um ângulo goníaco obtuso e um ramo mandibularencurtado. Worms et al.24, em 1971, afirmaram que a incidência das mordidas abertas diminui com o aumento da idade, apresentando uma alta prevalência na fase pré-puberal, uma correção espontânea em 80% dos casos na fase puberal, sendo que na fase pós-puberal são mais prevalentes as mordidas abertas esqueléticas. A etiologia da mordida aberta anterior é multifatorial22, sendo os principais: ahereditariedade e as causas ambientais7. Nas fases de dentadura decídua e mista, os fatores mais encontrados são os ambientais: a hipertrofia das amígdalas, a respiração bucal e, principalmente, os hábitos bucais deletérios7,20. FAtoRes etIoLÓGICos Genética É considerado o fator etiológico primário das mordidas abertas esqueléticas, pois o seu desenvolvimento e sua gravidade estão diretamente relacionados aopadrão de crescimento facial do paciente. A intensidade das mordidas abertas esqueléticas pode ser aumentada pela ocorrência concomitante de hábitos bucais deletérios, deglutição atípica e respiração bucal2. Hábitos de sucção digital e chupeta A maioria dos autores concorda que os hábitos de sucção digital e chupeta têm uma grande participação na etiologia da mordida aberta anterior21. Neste caso,esta deformidade apresenta caráter dentoalveolar, já que a abertura da mordida é restrita à região de sucção6,12. Apresenta-se na forma circunferencial e circular, quando advinda do uso de chupeta, já com a sucção de polegar acarreta a inclinação dos incisivos superiores para vestibular e inferiores para lingual17. Em comportamento esquelético, o dedo ou a chupeta, durante a sucção, interpõem-se...
tracking img