Monumentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1631 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Este trabalho surge no âmbito da disciplina de Cultura Cabo-verdiana proposto pelo professor da disciplina em que cada grupo escolheria um tema. No nosso trabalho optamo-nos por falar sobre os monumentos históricos do município da Ribeira Brava. Achamos que é um tema bastante interessante e muito esquecido na nossa sociedade em que os jovens de hoje não têm muito essa curiosidade emconhecer ou ouvir a história desses monumentos que foi muito importante na vida dos nossos antepassados e dar mais valor aquilo que é e sempre será os monumentos mais históricos do nosso município. A partir da realização desse trabalho vamos ficar a saberum pouco sobre a história desses monumentos o ano em que foram construídas, quem mandou construi-los etc. E a partir daí transmitir um pouco daquilo que ficamos a conhecer aos nossos colegas da melhor forma possível.


























Objectivo
O nosso trabalho tem como objectivo rever um pouco daquilo que foi a grande importância desses monumentos na vida dosnossos antepassados que é totalmente esquecida na nossa sociedade e que as pessoas deveriam dará mais valor devido ao papel que desempenharam no passado, divulgar da melhor forma possível as informações que conseguimos recolher acerca do nosso tema e esperamos alcançar os nossos objectivos.































Igreja Matriz de Nossa Senhora do RosárioA Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, na Vila da Ribeira Brava, ilha de São Nicolau, será a mais antiga igreja existente e em funcionamento em Cabo Verde. Construída nos finais do século XVIII, foi mais tarde reconstruída tal como hoje se apresenta, a partir de 1890, tendo as obras demorado sete anos e sendo a nova basílica inaugurada a 8 de Maio de 1898.
A Igreja de S. Nicolau foiSé nos tempos em que o Bispo de Cabo Verde se mudou de Santiago para a Ilha de S. Nicolau em busca de melhor clima e tranquilidade. Foi guardiã de um tesouro valioso de que resta o belo cálice de ouro, pertencente a paróquia de nossa senhora da lapa em Queimadas deixado na Igreja depois do Bispado ter regressado à capital com todo o seu espólio.
De realçar que em todos os estudos sobre o percursoda Igreja Católica em Cabo Verde a época de S. Nicolau (1866 – 1940) é tida como um momento decisivo não só para a consolidação da igreja no nosso país, como também para a formação intelectual e moral das ilhas. Durante esse período os bispos passam a residir definitivamente na Ilha de S. Nicolau. A sua antiguidade e tradicional religiosidade, semearam o município da Ribeira Brava de cerimóniassingulares e de monumentos de inconfundível peculiaridade, com destaque para a sempre atractiva e multissecular Igreja Matriz, sempre imponente na sua riqueza e majestade.




Seminário-liceu de S. Nicolau



O Seminário-Liceu de São Nicolau é, sem contestação, o maior monumento da história de Cabo Verde. Não pelo seu aspecto físico nem pelo seu tamanho mas sim pelo valor histórico,social, cultural e religioso. Referimo-nos, pois, à instituição que foi criada, por lei, e instalada na casa solarenga situada na Vila da Ribeira Brava, propriedade de um dos grandes filhos desta terra, o Senhor Doutor Júlio José Dias.
Nos tempos não muito remotos, era a Igreja quem formava e instruía os homens. Cabo Verde, nessa altura, tinha poucos clérigos e os que existiam tinham uma formaçãomuito sumária e era preciso melhorar essa situação.
Então, a Igreja propôs ao Estado a criação de um seminário o qual teria dupla finalidade: primeira: Formar jovens para a vida eclesiástica; segunda: suprir a falta de um liceu onde aqueles que não pretendiam dedicar-se ao sacerdócio, pudessem seguir estudos superiores ou receber uma formação literária e científica.
Dessa forma inteligente de...
tracking img