Monteiro lobato

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5565 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Monteiro Lobato
Biografia
José Bento Renato Monteiro Lobato (Taubaté, 18 de abril de 1882 – São Paulo, 4 de julho de 1948)[1] foi um dos mais influentes escritores brasileiros do século XX. Foi um importante editor de livros inéditos e autor de importantes traduções. Seguido a seu precursor Figueiredo Pimentel ("Contos da Carochinha") da literatura infantil brasileira, ficou popularmenteconhecido pelo conjunto educativo de sua obra de livros infantis, que constitui aproximadamente a metade da sua produção literária. A outra metade, consistindo de contos (geralmente sobre temas brasileiros), artigos, críticas, crônicas, prefácios, cartas, um livro sobre a importância do petróleo e do ferro, e um único romance, O Presidente Negro, o qual não alcançou a mesma popularidade que suas obraspara crianças, que entre as mais famosas destaca-se Reinações de Narizinho (1931), Caçadas de Pedrinho (1933) e O Picapau Amarelo (1939).
SINTESE DO CONTO NEGRINHA
Resenha sobre o conto “Negrinha” de José Bento Monteiro Lobato
Preto/Branco
O conto Negrinha, publicado em 1920, considerado um dos melhores contos de Monteiro Lobato, é narrado em terceira pessoa do singular e reflete a indignaçãodo autor perante a crueldade humana nos tempos da escravidão. Negrinha é uma órfã de sete anos de idade, filha de escravos, nascida na senzala e adotada pela perversa Dona Inácia. Ela só adota a criança para “salvar” sua alma, “Quem da aos pobres empresta a Deus”, diz o monsenhor, personagem que a visita regularmente e cuja participação no enredo reflete o alívio das dores da consciência de umamulher atormentada pelas maldades e crueldades que cometera em outros tempos com escravos. Negrinha serve apenas de escape dessas dores, é uma espécie de mola de propulsão que consiste em um instrumento de alívio para a dona Inácia, se tornando um tipo de “bicho-homem”. Não é por amor, carinho, mas sim por puro interesse canônico que Negrinha é adotada.
Há várias evidências dicotômicas no texto. Amais explícita está presente no momento em que Inácia recebe a visita de suas sobrinhas, “lindas meninas louras, ricas, nascidas e criadas em ninho de plumas”: brancas – princesas, negra – escrava; homem branco – possui alma, homem negro – não possui alma. Outra evidência dessa dicotomia é o modo irônico em que como o autor trata a vilã: “Santa”, “Ótima, a dona Inácia”, “Excelente patroa”,delineando assim o caráter violento da vilã.
A epifania se encontra na ocasião em que Negrinha fica a observar os brinquedos das meninas, porém, o auge do sentimento se dá no momento em que a escrava vê pela primeira vez uma boneca. É nesta ocasião em que o comportamento das personagens muda completamente: o coração amargurado da patroa, arrebatada, apenas por alguns instantes, ao ver os olhos deNegrinha ao mirar o brinquedo, sentindo, por fim, uma leve piedade pela lacaia, deixa-a brincar com as outras crianças. Mas enfatiza: “— Vão todas brincar no jardim, e vá você também, mas veja lá, hein?”; e o comportamento da escrava ao brincar com a boneca: “Negrinha, coisa humana, percebeu nesse dia da boneca que tinha uma alma. Divina eclosão! Surpresa maravilhosa do mundo que trazia em si e quedesabrochava, afinal, como fulgurante flor de luz”.
A referência dicotômica está na morte de Negrinha quando Lobato da a ela um final trágico: morre e se transforma em impressões – uma cômica, e outra de saudades: “no nó dos dedos de dona Inácia“. O conto é uma referência ao intenso progresso econômico-social pelo qual o Brasil estava passando nas primeiras décadas do século XX o qual o autorcompara com os tempos da escravidão. A mão de obra não era valorizada se parecendo muito com o Brasil do final do século XIX, com a diferença de que os trabalhadores eram remunerados. A abolição da escravatura foi necessária a esse progresso, pois o país precisava de mão de obra livre para auxiliar nas grandes construções: edifícios, estradas de ferro, mineração, por exemplo. Mas isso não garantiu a...
tracking img