Monteiro lobato

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1519 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Nesse trabalho estudaremos sobre a vida de Monteiro Lobato e sua mais famosa obra: a coleção Sitio do Pica-Pau Amarelo.

Biografia
José Bento Renato Monteiro Lobato, conhecido mais como Monteiro Lobato, foi filho de José Bento Marcondes Lobato e Olímpia Monteiro Lobato e nasceu em Taubaté, dia 18 de abril de 1882. Foi um grande escritor brasileiro e foi, também, um dos primeirosautores de literatura infantil em nosso país e em toda América Latina. Tornou-se, também, editor, criando a "Editora Monteiro Lobato" e mais tarde a "Companhia Editora Nacional".
Foi alfabetizado pela mãe quando criança, e logo despertou o gosto pela leitura, lendo assim, todos os livros infantis da biblioteca de seu avô, o Visconde de Tremembé. Fez o curso secundário em Taubaté. Estudou noInstituto de Ciências e Letras de São Paulo e foi um dos mais influentes escritores brasileiros do século XX. Ingressou, também, na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, na capital em 1904. E nesse mesmo ano, voltou para sua cidade natal aonde prestou concurso para a Promotoria Pública, assumindo o cargo na cidade de Areias, no Vale do Parnaíba, no ano de 1907.
Casou-se com Maria Pureza daNatividade, em 28 de março de 1908. E teve com ela quatro filhos: Marta, Edgar, Guilherme e Rute. Mesmo exercendo a sua formçao, Monteiro Lobato escrevia para vários jornais e revistas, fazia desenhos e caricaturas.
No dia 12 de novembro de 1912, o jornal “O Estado de São Paulo” publicou uma carta sua enviada à redação, onde destaca a ignorância do caboclo, criticando as queimadas e a misériatornava incapaz o desenvolvimento da agricultura na região. Sua carta foi publicada e causou grande polêmica. Mais tarde, foi publicado um novo artigo "Urupês", onde aparece pela primeira vez o personagem "Jeca Tatu".
Em 1917, Monteiro Lobato mudou-se para Caçapava, onde fundou a revista "Paraíba". Nas 12 edições, teve como colaboradores: Coelho Neto, Olavo Bilac, Cassiano Ricardo entre outrasimportantes figuras da literatura. Mas tarde, mudou-se para São Paulo, onde colaborou para a "Revista do Brasil". Em seguida comprou a revista e a transforma em editora. Publica em 1917, seu primeiro livro "Urupês", que esgotou com muita rapidez. E transformou a Revista em centro de cultura e a editora numa rede de distribuição com mais de mil representantes.
Em sociedade com Octalles MarcondesFerreira, Monteiro Lobato funda a "Companhia Gráfico-Editora Monteiro Lobato". Mas não deu muito certo e a editora foi à falência. Lobato, então, decidi muda-se para o Rio de Janeiro e começar a publicar livros para crianças. Em 1921 publica "Narizinho Arrebitado", livro de leitura para as escolas. A obra fez grande sucesso, o que levou o autor a prolongar as aventuras de seu personagem em outros livrosgirando todos ao redor do "Sítio do Picapau Amarelo".
Em 1927 é nomeado, por Washington Luís, adido comercial nos Estados Unidos, onde permanece até 1931.
Foi um importante editor de livros inéditos e autor de importantes traduções. Ficou popularmente conhecido pelo conjunto educativo de sua obra de livros infantis, que constitui aproximadamente a metade da sua produção literária. A outrametade, consistindo de contos (geralmente sobre temas brasileiros), artigos, críticas, crônicas, prefácios, cartas, um livro sobre a importância do petróleo e do ferro, e um único romance, O Presidente Negro, o qual não alcançou a mesma popularidade que suas obras para crianças, que entre as mais famosas destaca-se Reinações de Narizinho, Caçadas de Pedrinho e O sitio do Pica-Pau Amarelo.
Aonde seuspersonagens mais conhecidos foram: Emília(uma boneca de pano com sentimento e idéias independentes), Pedrinho(personagem que o autor se identifica quando criança), Visconde de Sabugosa(a sabia espiga de milho que tem atitudes de adulto), Cuca(vilã que aterroriza a todos do sítio), Saci Pererê e outras personagens que fazem parte da inesquecível obra: O Sítio do Pica-Pau Amarelo, que até hoje...
tracking img