Monografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6913 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Internetês
“As diferenças lexicais do mundo virtual”






















Belo Horizonte
2012









Internetês
“As diferenças lexicais do mundo virtual”

Alunos:
Ana Clara Cambuí
Caroline França
Larissa Gabriele
Kamilla Pinto
Maxwell Patrício
Thais Coimbra da Silva


Belo Horizonte
2012











AgradecimentoA Deus, que se mostrou criador, que foi criativo. Seu fôlego de vida em nós, nos foi sustento e nos deu coragem para questionar realidades e propor sempre um novo mundo de possibilidades.


À nossa família, por sua capacidade de acreditar e investir em nós. A todos os professores, com quem partilhamos o que era o broto daquilo que veio a ser esse trabalho. Nossas conversasdurante e para além dos grupos de estudos foram fundamentais acuidade . A todos aqueles que de alguma forma estiveram e estão próximos de nós, fazendo esta vida valer cada vez mais a pena.









































Dedicatória


Dedicamos este trabalho a Deus pela luz, pela força pelas pessoas e pelos momentos maravilhosos,sem os quais não seria possível transpor muitos obstáculos encontrados ao longo dessa jornada. Agradecer, também por mostrar que quanto mais o grupo aprende, mais se percebe que se tem muito para aprender.
Agradecemos, em especial, ao professor Sócrates Penna por ter ensinado a arte de pensar o trabalho acadêmico e pelo constante incentivo, sempre indicando a direção a ser tomada nos momentosde maior dificuldade e principalmente por sua sabedoria, dedicação, cobrança, sugestões, sem as quais não conseguiríamos vencer essa etapa.
Ao longo dessa trajetória, muitas pessoas foram importantes e participativas. Esta página é dedicada a todos, que de alguma forma, participaram um pouco desses três anos e, a outros que partilharam mais, contribuindo, aconselhando, motivando,orientando, persistindo, ouvindo, falando, colaborando e acima de tudo confiando.













Abstract




This article aims to discuss the so called “internet language” and its users’ conceptions of language, from a set of public commentaries published in the networking orkut, blog e facebook. The hypothesis is that orkut users who claim to “hate the internet language” arefounded in a perception of "institutionalized written code". They only recognize the writing pattern as an ideal of Portuguese language, rather than these digital writing practices.




Keywords. digital writing; heterogenity; institutionalized written code; orkut; facebook; internet.



Resumo




Esta pesquisa visa a discutir o chamado “internetês”, a partir de um conjuntode comentários divulgados de forma pública em comunidades virtuais da rede social Orkut, blogs e facebook. O objetivo é problematizar determinadas concepções de linguagem elaboradas por usuários da rede. A hipótese é a de que os sujeitos escreventes que tornam público “odiar internetês” estão fundados em uma percepção de “código escrito institucionalizado” mediante a qual reconhecem apenas aescrita culta formal como ideal de língua portuguesa, em detrimento dessas práticas de escrita digital.




Palavras-chave. escrita digital; heterogeneidade; código escrito

institucionalizado; orkut; facebook; internet.

MEGABYTES DE AMOR

Fiz um back up das minhas ilusões,
Pra ter acesso a dados da memória,
E em certo ícone da tela transitória,
Revi imagens de antigasemoções.

Cliquei no velho arquivo das paixões,
Para salvar o amor em minha história,
Minimizando a ausência provisória,
No stand by de nossos corações.

Numa saudade crescente e virtual,
Configurei um código ao terminal,
Que abre o teu sistema pro meu ser;

E a nossa senha jamais vou revelar,
Mas conseguimos as dores deletar,
E uma saudade remota reverter.

Martinho Ferreira de Lima...
tracking img