Monografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3047 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
I – INTRODUÇÃO


Definitivamente, não basta ter um quadro-negro, giz, carteiras e livros na sala de aula. Esses elementos já não são suficientes para educar e prender a atenção dos alunos. As crianças e adolescentes estão ávidos pelas tecnologias digitais. Vivem imersos nelas.
Deixar de incluir no currículo escolar uma linguagem que faz parte do dia a dia deles desestimula aaprendizagem. È preciso, então, modificar a estrutura de ensino que há décadas permanecem engessadas nas escolas, no entanto, é tarefa das mais complexas. E com a chegada das novas tecnologias não adianta apenas distribuí-las nas escolas sem preparar o professor para utilizá-los pedagogicamente, estimulando os professores a usá-las em sala de aula.
Através de pesquisas em livros, revistas,internet, entrevista formulada com os professores, monitores do laboratório de informática e os próprios alunos, o presente trabalho visa desenvolver maior compreensão quanto à busca pela utilização da tecnologia de informação enfrentando os desafios e adquirindo novas perspectivas, se tornando essencial para o bom andamento do aprendizado dos alunos e acima de tudo o professor adquirindo novosconhecimentos.
























II – DESENVOLVIMENTO


Tema: Tecnologia da Informação: Perspectivas e Desafios


Problematização:

Que usos são feitos da Tecnologia de Informação pelos professores nas escolas de Abadia de Goiás e quais seus resultados e perspectivas?


Objetivos:

- Identificar os usos de TI pelos professores.
- Analisar tais usosdo ponto de vista didático e pedagógico.
- Identificar os impactos no trabalho dos professores.
- Analisar os resultados obtidos.
- Apontar perspectivas para o uso de TI nas escolas.






























III – REVISÃO TEÓRICA


Estamos diante de um novo século, com uma nova sociedade, a sociedade da informação, com novo formato de recebere transmitir informação, e de uma busca interminável de conhecimento. As pessoas hoje em dia, têm acesso ao mundo e as suas tradições culturais, com muita mais eficácia e rapidez que ontem. Com a explosão da computação e, conseqüentemente da internet, passou-se a considerar que disponibilizar informação em uma página da Internet seria um processo educativo contínuo e a formação da língua escritadessa pessoa, estaria sendo realmente transmitida, de forma correta. Será mesmo? E qual seriam realmente as vantagens e desvantagens dessa interferência digital em nossos dias? As recordações da Educação nos dizem que, educar não é adestrar, nem governar informações para um indivíduo e sim servir como mediador desse processo.
Essa nova, denominada Sociedade do Conhecimento, não pode exonerara educação formal que se sistematiza na instituição escolar, ainda que, crianças, adolescentes, jovens e adultos, sejam bombardeadas por informações diariamente com uma velocidade cada vez maior pelos mais diferentes meios de comunicação, como a televisão, os rádios, internet. Relata Moacir Gadotti (2002), “pelo avanço das novas linguagens tecnologias, precisam ser selecionadas, avaliadas,compiladas e processadas para que se transformem em conhecimento válido, relevante e necessário para o crescimento do homem como ser humano em um mundo alto sustentável”. Segundo Pierre Lévy (2000), “as tecnologias intelectuais, assim chamadas por não serem simples instrumentos, mas por influírem no processo cognitivo do indivíduo, vão ser os parâmetros utilizados nessa busca de compreensão daestrutura caótica social”. Essas tecnologias sempre estiveram presentes na sociedade e, de certa forma, influenciam na percepção e conceitualização do mundo. É notório dizer que, a presença das novas tecnologias nas mais diversas esferas da sociedade contemporânea, é imprescindível, orientar os docentes para uso das novas tecnologias de comunicação e de informação, como tecnologias interativas em...
tracking img