Monografia sobre orgulho e preconceito (a mulher na sociedade inglesa no século 19)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9721 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO DE TEORIA LIETRÁRIA II

Professor: Fred Góes
Aluno: Maria Eduarda P. Nuñez
DRE: 111335370

Universidade Federal do Rio de Janeiro

SUMÁRIO

* RESUMO
* CAPITULO I – LIVRO ORGULHO E PRECONCEITO AUTORA JANE AUSTEN
* Personagens
* O livro – Orgulho e Preconceito
* A literatura
* CAPITULO II ORGULHO E PRECONCEITO INDEPENDENTE DO LIVRO DE JANE AUSTEN
*Orgulho
* Preconceito
* Resumo da Obra
* Informações sobre as traduções do livro Orgulho e Preconceito de Jane Austen
* CAPITULO III A MULHER E O CASAMENTO NO SECULO XVIII
* O pensamento iluminista, século XVIII
* A situação das mulheres no século XIX
* Jane Austen: uma voz feminina no universo masculino
* Ironia
* CONCLUSÃO
* REFERENCIAS

RESUMO
Jane Austen(1775-1817), autora do livro Orgulho e Preconceito o livro, de 1813, conta a trajetória da inteligente jovem de 20 anos Elizabeth Bennet, que vive com suas quatro irmãs em uma cidade do interior. É quando chega a notícia que os Bingley alugaram um terreno disponível há algum tempo. Logo, em um baile tipo provinciano, as meninas são apresentadas ao novo morador da região, o Sr. Bingley. Com ele,vem um outro jovem, de aparência recrudecida e irritada, o velho amigo de infância: Sr. Darcy. Logo de cara, a aguda inteligência de Elizabeth choca-se com o caráter estrito e orgulhoso do Sr. Darcy.
O romance passa então a rodar entre os dois personagens. O livro pode ser apreciado de diversas maneiras, duas delas as mais indicadas: como romance histórico, com o panorama, a sociedade e a línguados séculos XVIII-XIX; e como romance de costumes, devido à caricaturização genial de Jane Austen nos tipos personagens da época, como também a crítica aos casamentos interessados muito comuns na época. Orgulho e Preconceito tem sido traduzida para várias línguas estrangeiras e adaptada para o teatro, para a ópera e para vários filmes e televisão. A mais recente adaptação cinematográfica produzidafoi lançada em 2005, e recebeu indicações para o Oscar para as categorias de atriz, figurino, direção de arte e trilha sonora. Que merece destaque no romance de Jane Austen é o fato de a autora conseguir contar essa história sem jamais descer o degrau da leveza. Há um tom delicado em sua narrativa que, se lido de outra forma, pode ser considerado arrogante e elitista.
Trata-se, na verdade, de umaleitura equivocada, visto que a escritora propõe uma narração sóbria e bastante detalhada para que o leitor possa entender com argúcia o que cada trecho, cada gesto das personagens possa ser decifrada.
CAPITULO I: LIVRO-ORGULHO E PRECONCEITO
Biografía de Jane Austen
Jane Austen nasceu em 16 de dezembro de 1775, em Steventon, Hampshire, Inglaterra, sendo a sétima filha do reverendo GeorgeAusten, o pároco anglicano local, e de sua esposa Cassandra (cujo nome de soltera era Leigh). O reverendo Austen era uma espécie de tutor, e suplementava os ganhos familiares dando aulas particulares a alunos que residiam em sua casa. A família era formada por oito irmãos, sendo Jane e sua irmã mais velha, Cassandra, as únicas mulheres. Cassandra e Jane eram confidentes, e hoje se conhece uma série decartas de sua correspondência.
Em 1783, Jane e Cassandra foram para a casa da Sra. Cawley, em Southampton, para prosseguir a educação sob sua tutela, porém tiveram que regressar para casa, devido a uma enfermidade infecciosa em Southampton. Entre 1785 e 1786, ambas foram alunas de um internato em Reading, lugar que pode ter inspirado Jane para descrever o internato da Sra. Goddard, que aparece noromance Emma. A educação que Austen recebeu ali foi a única recebida fora do âmbito familiar. Por outro lado, sabemos que o reverendo Austen tinha uma ampla biblioteca e, segundo ela mesma conta em suas cartas, tanto ela quanto sua família eram “ávidos leitores de romances, e não se envergonhavam disso”. Assim como lia romances de Fielding e de Richardson, lia também Frances Burney. O título de...
tracking img