Monografia epi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (462 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
5 argumentos refutados para a existência de Deus
Confira alguns dos argumentos rebatidos por Rebecca Goldstein no apêndice de seu novo livro 36 Argumentos Para a Existência de Deus
1. Tudo queexiste deve ter uma causa
2. O universo deve ter uma causa
3. Nada pode ser causa de si mesmo
4. O universo não pode ser causa de si mesmo
5. Algo fora do universo deve ter causado o universo
6. Deusé a única coisa que está fora do universo
7. Deus causou o universo
8. Deus existe
Falha: Se tudo que existe deve ter uma causa, quem causou Deus? Os teístas dizem que suas premissas têm ao menosuma exceção, mas não explicam por que Deus precisa ser a única exceção. O próprio universo poderia existir sem causa. Já que a responsabilidade precisa ir para alguém, por que não para o universo?
Oargumento do projeto
1. Sempre que existem coisas que se combinam de forma coerente apenas por causa de um propósito ou função (por exemplo, todas as complicadas partes de um relógio que lhe permitemmarcar o tempo), sabemos que houve um projetista, alguém que projetou com a função em mente; são coisas improváveis demais para terem surgido por processos físicos aleatórios (um furacão soprandoatravés de uma loja de peças não conseguiria montar um relógio).
2. Os órgãos dos seres vivos, como o olho e o coração, se mantêm coesos apenas por terem uma função (o olho tem a córnea, lente, retina,e assim por diante, que se encontram no mesmo órgão apenas porque em conjunto possibilitam que o animal veja).
3. Esses órgãos precisam ter um projetista que os desenhou com sua função em mente:assim como um relógio implica um relojoeiro, o olho implica um fazedor de olhos
4. Essas coisas não tiveram um projetista humano
5. Portanto, essas coisas devem ter tido um projetista não humano
6.Deus é o projetista não humano
7. Deus existe
Falha: A falácia no argumento é a premissa 1. Partes de um objeto complexo servindo uma função complexa não requerem, na verdade, um projetista. Charles...
tracking img