Monografia deficiencia visual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 43 (10622 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
.INTRODUÇÃO


O presente trabalho teve como objetivo refletir acerca do papel do profissional de Educação Especial na inclusão dos deficientes visuais no mercado de trabalho.
Contudo, com o desenvolvimento do trabalho, outros aspectos secundários foram abordados, como a legislação pertinente à inclusão do deficiente no campo profissional e, ainda, práticas do professor de EducaçãoEspecial no campo intelectual e vivências do portador de deficiência visual no campo de trabalho.
Da mesma forma, falamos de conceito de inclusão, do papel deste educador na inclusão do portador de cegueira ou baixa visão e a influência do mesmo neste processo, sob a ótica do referido profissional e do portador de deficiência visual.
Por último, contamos com o relato da autora doseu nascimento até os dias atuais, mostrando as suas experiências e a contribuição deste profissional para sua formação e empregabilidade.
Dando seqüência a esta pesquisa, o trabalho foi divido em três partes:
Capítulo I – A profissionalização da pessoa deficiente visual na perspectiva da inclusão, subdividido em três aspectos: no campo social, no campo intelectual, no campoprofissional.
Capítulo II – Entrevistas, análise e comentários, subdividido em três momentos: professores, deficientes visuais e professores/deficientes.
Capítulo III – Relato de experiência da autora, subdividido em três instantes: do nascimento ao ensino fundamental; do ensino médio à graduação: primeiras experiências no mercado de trabalho; da vida acadêmica: novas perspectivas no mercadode trabalho; a influência dos professores de Educação Especial na minha vida profissional.
Para a construção do primeiro capítulo, foram utilizadas algumas obras de renomados estudiosos na área de Educação Especial e no que se refere à Educação e Trabalho, como Herrero, Pastore, Souza e Nabais. Além da obra do SENAC “Sem limite – Inclusão de portadores de deficiência no mercado detrabalho”.
Para a elaboração do segundo capítulo, foram entrevistados três deficientes visuais, sendo que um deles ainda não conseguiu ser incluído no mercado de trabalho. Também foram entrevistados três professores da UERJ de Educação Especial (videntes), devido a inserção dos mesmos na referida área. Inclusive, alguns deles com obras publicadas.
As entrevistas foram gravadas em três fitascassetes, sendo esta produção autorizada pelos entrevistados que não serão identificados, sendo que dos seis, apenas dois foi ouvido fora do espaço da UERJ, tendo estes respondido o questionário que se encontra em anexo.
No último capítulo, consta o depoimento da autora, valendo-se das suas memórias da infância, da adolescência e da fase adulta, reportando-se principalmente as experiências dociclo educacional, familiar e social para construção da sua identidade e formação profissional.
Estamos vivendo em uma época que a inclusão faz parte dos projetos político-pedagógicos do mundo inteiro.
O deficiente visual já conseguiu provar sua capacidade de atuação na sociedade e em vários segmentos no mercado de trabalho, porém esta inclusão ainda é árdua para a maioria, quemuitas das vezes, encontra dificuldade até para ter uma qualificação profissional digna. Também passa-nos a impressão de que este profissional na qual nos referimos, talvez desconheça o seu papel neste contexto.
Sendo assim, refletimos acerca do papel do profissional da educação especial na inclusão do deficiente visual no mercado de trabalho, pois pretendíamos que, com esta pesquisa,profissionais da educação especial se sentissem seguros para exercer o seu papel minorando a exclusão.
Enfim, através desta pesquisa, almejamos romper as barreiras que envolvem o profissional de educação especial e o deficiente visual, dando a este profissional embasamento teórico-prático para auxiliar esta clientela em sua inclusão no mercado de trabalho.








CAPÍTULO I

A...
tracking img