Molas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 10 (2304 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 4 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

O objetivo deste projeto é dimensionar uma mola helicoidal de compressão, para uma carreta reboque, onde a mola juntamente com o amortecedor ira fazer o amortecimento dos impactos sofridos nas vias durante os trajetos realizados. No projeto será definido o peso suportado pelas molas, o material de fabricação, o diâmetro do fio das molas. Deve demonstrar também o passo da mola, ocomprimento fechado e comprimento livre.
Palavras-chave: Mola; Helicoidal.

Anápolis
2011

ABSTRACT

The objective of this project is to scale a helical compression spring to a truck trailer,where the spring with the shock absorber damping will make the sustained impact of the paths during the process performed. In the project will set the weight supported by the springs, the material ofmanufacture, the wire diameter springs. It should also show the pace of spring, long closed and free length.

Keywords: Spring, Helical.

Anápolis
2011
LISTA DE TABELA E FIGURAS

Tabela 01 – Dados de Entrada

Figura 01 – Vista do sistema de amortecimento da carretinha de reboque com molas helicoidais

Figura 02 – Desenho com detalhe da mola

Figura 03 – Diferenciação do diâmetro do aramepara o diâmetro médio de espira

Figura 04 – Detalhe das extremidades esquadrejadas e esmerilhadas

Figura 05 – Detalhe de vários comprimentos de uma mola helicoidal de compressão

Anápolis
2011
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 7
2. REVISÃO DA LITERATURA 8
3. REFERENCIAL TEÓRICO 9
4. METODOLOGIA 9
5. MEMORIAL DESCRITIVO 9
6. MEMORIAL DE CÁLCULO 11
6.1 DETERMINAÇÃO FORÇA MÉDIA 116.2 DETERMINAÇÃO FORÇA ALTERNADA 11
6.3 FATOR DE CISALHAMENTO 11
6.4 DIAMETRO MÉDIO DA ESPIRA 11
6.5 DETERMINAÇÃO DA TENSÃO INICIAL 12
6.6 DETERMINAÇÃO DA TENSÃO MÉDIA 12
6.7 FATOR DE WAHL 12
6.8 TENSÃO DE CISALHAMENTO ALTERNADA 12
6.9 LIMITE DE RESISTÊNCIA A TRAÇÃO 12
6.10 LIMITE DE REISTÊNCIA AO CISALHAMENTO 12
6.11 LIMITE DE REISTÊNCIA DE ESCOAMENTO POR TORÇÃO 126.12 LIMITE DE REISTÊNCIA A FADIGA 12
6.13 COEFICIENTE DE SEGURANÇA 12
6.14 CONSTANTE DA MOLA 12
6.15 NÚMERO DE ESPIRAS ATIVAS 12
6.16 REDIMENSIONAMENTO DA CONSTANTE DA MOLA 12
6.17 PASSO DA MOLA 12
6.18 NÚMERO TOTAL DE ESPIRAS 12
6.19 COMPRIMENTO DA MOLA FECHADA 12
6.20 DEFLEXÃO INICIAL DA MOLA 12
6.21 DEFLEXÃO DE TRABALHO DA MOLA 12
6.22 COMPRIMENTO LIVRE DA MOLA12
6.23 DEFLEXÃO DO COMPRIMENTO FECHADO 12
6.24 DIÂMETRO INTERNO DAS ESPIRAS 12
6.25 DIÂMETRO EXTERNO DAS ESPIRAS 12
7. ANÁLISE DOS RESULTADOS 12
8. CONSIDERAÇÕES FINAIS 12
9. BIBLIOGRAFIA 12

INTRODUÇÃO

Qualquer elemento mecânico, metálico ou não, pode ser considerado uma mola. Em última análise, todos têm alguma elasticidade e respondem elasticamente pelo menos numpequeno intervalo de solicitação. Essa resposta elástica depende do elemento e do material. Assim, uma alavanca é uma mola já que, quando fletida, responde elasticamente a solicitação, desde que nenhuma parte desta sofra deformação plástica. Mesmo quando parte do material sofre deformação plástica, ainda existe uma resistência a deformação que responde ao esforço aplicado, atuando contra esse. Molas detodos os tipos, respondendo mais ou menos, somente elásticas ou com esforços acima do limite de escoamento, podem ser construídas. O limite é a engenhosidade do projetista na solução de seu problema.
Uma mola é um objeto elástico flexível usado para armazenar a energia mecânica. As molas são feitas de arame tendo, geralmente, como matéria prima mais utilizada o aço temperado.
Molas podem ter oformato de alavancas, mas as de uso mais comum na engenharia são as helicoidais, planas, prato e as de tensão constante. As primeiras são as mais utilizadas e podem ser vistas em torno do amortecedor de carros de passeio, em veículos ferroviários, nos suportes de máquinas ferramenta e em uma infinidade de outros lugares, nas mais diversas aplicações. Molas planas são utilizadas principalmente em...
tracking img