Moedas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1438 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Moeda é o meio pelo qual são efetuadas as transações monetárias. É todo ativo que constitua forma imediata de solver débitos, com aceitabilidade geral e disponibilidade imediata, e que confere ao seu titular um direito de saque sobre o produto social.
É importante perceber que existem diferentes definições de “moeda”:
1. o dinheiro, que constitui as notas (geralmente em papel);2. a moeda (a peça metálica);
3. a moeda bancária ou escritural, admitidas em circulação;
4. a moeda no sentido mais amplo, que significa o dinheiro em circulação, a moeda nacional.
Em geral, a moeda é emitida e controlada pelo governo do país, que é o único que pode fixar e controlar seu valor. O dinheiro está associado a transações de baixo valor; a moeda (no sentido aqui tratado), porsua vez, tem uma definição mais abrangente, já que engloba, mesmo no seu agregado mais líquido (M1), não só o dinheiro, mas também ovalor depositado em contas correntes.

















Evolução Histórica da Moeda
Unidade de valor padrão utilizada como instrumento de troca por uma comunidade. É o meio pelo quais os preços são expressos, as dívidas liquidadas, as mercadorias eserviços pagos e a poupança efetuada. A moeda corrente é o dinheiro oficial de um país para todos os tipos de transações. Como o controle da moeda é vital não apenas para o equilíbrio da economia de um país mas também para as relações comerciais entre nações, é criado um sistema monetário internacional.
Moeda e crédito são um dos termos que mais despertam a atenção em economia, sobretudo emépocas de variação do valor da moeda, de inflação. Devido à inflação, o assunto moeda é provavelmente o que mais prende a atenção do público em geral, sendo ao mesmo tempo o assunto menos acessível aos leigos. O que o povo entende por dinheiro e o que os especialistas entendem são coisas totalmente diferentes.

A partir daí, as regras do jogo da determinação do volume da moeda, da sua circulaçãoe assim por diante estão, para o leigo, envolvidas por uma densa nuvem de mistério tecnocrático.
Mas além de tudo isso, o que veremos foi a tamanha evolução sofreu a moeda desde sua criação, seus aspectos fundamentais e suas estruturas nos dias atuais.

As Funções da Moedas
Diariamente utilizamos a moeda para pagar bens e serviços que necessitamos e como todos os bens são expressos emmoeda única é simples compararmos o valor de cada um deles.

Habitualmente distinguem-se as três funções desempenhadas pela moeda numa economia que são elas:
Meio de pagamento ou instrumento de troca
Unidade de conta ou medida de valor
Instrumento reserva de valor
Meio de pagamento ou instrumento de troca: Serve nos actos de compra e venda funcionando como meio intermediário das trocas,desde que a quantidade de moeda permita alcançar qualquer bem ou serviço, bem como liquidar qualquer divida. Exemplo: Pagamento da conta do telefone.



Unidade de conta ou medida de valor: O escudo em Portugal era a unidade de medida que permitia estabelecer o valor dos bens em relação aos outros, hoje em dia denomina-se pelo Euro. Sabendo o preço de um bem, fazendo as contas sabe-se o valortotal dos bens adquiridos. Exemplo: Um caderno custa 1,50€, logo três cadernos custam 4.50€.

Instrumento de reserva de valor: É possível guardar moeda, ou seja poupar, para adquirir bens ou serviços no futuro, podendo assim ser utilizada em qualquer momento. 
O facto da elevada liquidez da moeda, persuade a conversão imediata em meio de pagamento em que leva as pessoas a guardarem-na.Exemplos: Comprar uma casa é necessário poupar dinheiro, conversão “dinheiro” em ouro ou jóias.


A importância da moeda na economia

A moeda faz e sempre fez parte do nosso quotidiano, pelo que nunca imaginamos a vida sem ela, no entanto, raramente nos apercebemos da importância que desempenha na economia.

A importância da moeda na economia contribuiu para:
Alargamento das trocas;...
tracking img