Modos de falhas de rolamentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (260 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
2. Freqüências Básicas Geradas por Defeitos de Rolamentos
As freqüências características de falha de rolamentos possuem uma peculiaridade especial: elas são nãosíncronas,
isto é,não são múltiplas inteiras da velocidade de rotação do eixo. Isso pode permitir a sua
identificação, mesmo quando não se conhece qual o rolamento instalado na máquina monitorada.As quatro freqüências básicas geradas por defeitos de rolamentos são relacionadas com o comportamento
dinâmico de seus principais componentes, ou seja:
· Freqüência de passagemde elementos rolantes por um ponto da Pista Interna (geralmente indicada por
BPFI do inglês Ball Pass Frequency Inner Race), associada a defeitos na pista interna.
· Freqüência depassagem de elementos rolantes por um ponto da Pista Externa (geralmente indicada por
BPFO do inglês Ball Pass Frequency Outer Race), associada a defeitos na pista externa.
·Freqüência de giro dos elementos (geralmente indicada por BSF do inglês Ball Spin Frequency),
associada a defeitos nos elementos rolantes (rolos ou esferas).
· Freqüência de giro dagaiola ou do conjunto (trem) de elementos rolantes (geralmente indicada por FTF
do inglês Fundamental Train Frequency), associada a defeitos na gaiola e a defeitos em alguns doselementos rolantes.
É importante ressaltar que, ao contrario da maioria das freqüências de vibração geradas por componentes
mecânicos, essas freqüências são verdadeiramentefreqüências de defeito. Isto é, elas só estarão presentes
nos espectros de vibração quando os rolamentos estiverem realmente defeituosos ou, pelo menos, quando
seus componentes estiveremsujeitos a tensões e deformações excessivas que poderão induzir uma falha.
As freqüências básicas de defeitos em rolamentos podem ser calculadas através das seguintes equações:
tracking img