Modelo pcmso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 23 (5572 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 13 de junho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
“A Dimensão Espacial da Expropriação Capitalista sobre os Mundos do Trabalho: cartografando os conflitos, as resistências e as alternativas à sociedade do capital”
Curitiba, 05 a 08 de setembro de 2011 ISSN - 978-85-60711-19-2

A SAÚDE E AMBIENTE DE TRABALHO NO CORTE DA CANA-DE-AÇÚCAR: DESCUMPRIMENTO DAS NORMAS REGULAMENTADORAS E OS DESAFIOS PARA OS TRABALHADORES Maria Joseli Barreto1 AntonioThomaz Júnior 2 GT 02: Conflitos Territoriais e Fragmentação do Trabalho: a expropriação capitalista no campo e na cidade, para além das dicotomias. Resumo
Buscaremos nesse texto realizar alguns apontamentos sobre as condições de trabalho vivenciadas pelos trabalhadores que atuam nas unidades agroindustriais canavieiras. Atentando para o cumprimento/descumprimento da legislação trabalhista,superexploração do trabalho e os rebatimentos dessas ações para a saúde e a segurança dos trabalhadores rurais que atuam no corte da cana-de-açúcar. Como procedimentos metodológicos buscaremos ponderar sobre as Normas Regulamentadoras por meio de revisão bibliográfica específica, a fim de contrapor com as reais condições de trabalho vivenciadas pelos trabalhadores canavieiros em sua rotina diária.Palavras-chave: Normas Regulamentadoras, trabalho, agroindústrias canavieiras Introdução Historicamente o trabalho no setor canavieiro sempre foi degradante. Não é necessário voltarmos muito no tempo (décadas de 1970 e 1980) para relembrarmos os caminhões de bóias-frias trafegando de forma irregular e perigosamente pelas estradas rurais, vicinais e rodovias conduzindo os trabalhadores do corte dacana-de-açúcar para os canaviais paulistas. Muitos na maioria das vezes, utilizando trajes inadequados, sem dispor de equipamentos de proteção etc. Também era comum chegar aos hospitais das cidades canavieiras, trabalhadores acidentados, normalmente com cortes e lesões subcutâneas, o que em vários casos se consumaram em mutilações e mortes. As mudanças de fato aconteceram, os caminhões foramsubstituídos por ônibus, os trabalhadores receberam equipamentos adequados par o trabalho ou os equipamentos de proteção individual (EPI’s): camisas de manga comprida, mangote, luvas, botas com bico de

1

Mestranda do Curso de Pós-Graduação em Geografia da FCT/UNESP/Presidente Prudente e membro do Centro de Estudos de Geografia e Trabalho – CEGeT. E-mail:joselibarreto5@yahoo.com.br. 2 Professor dosCursos de Graduação e Pós-Graduação em Geografia da FCT/UNESP/Presidente Prudente; Coordenador do Cento de Estudos de Geografia e Trabalho – CEGeT. E-mail: thomazjrgeo@terra.com.br.

“A Dimensão Espacial da Expropriação Capitalista sobre os Mundos do Trabalho: cartografando os conflitos, as resistências e as alternativas à sociedade do capital”
Curitiba, 05 a 08 de setembro de 2011 ISSN -978-85-60711-19-2

aço, perneiras, óculos, boné etc. No entanto, tais mudanças não eliminaram por completo a precariedade do trabalho nas atividades agrícolas da cana-de-açúcar, muito menos as mortes nos canaviais. Hoje, estas pode não acontecer com a freqüência e intensidade como no passado, por meio dos acidentes corriqueiros com podões, as tragédias com os acidentes rodoviários que envolviam oscaminhões. Estão mais silenciosas, mas não menos presentes. Sobre as relações de trabalho no âmbito das agroindústrias canavieiras no atual contexto, é relevante atentarmos para a precariedade a que ainda são submetidos os cortadores de cana e os desgastes que esses trabalhadores enfrentam no dia-a-dia de trabalho. As dificuldades não ficaram para trás, mas se multiplicam no trabalho e na vidapessoal. No próximo item, buscaremos discutir alguns aspectos teóricos que nos indique uma maior compreensão sobre a legislação específica sobre a saúde do trabalhador, assim como sobre o papel da Vigilância em Saúde do Trabalhador e o uso da Norma Regulamentadora-31. 1 – A legislação da saúde do trabalhador no Brasil e a Norma Regulamentadora-31 A legislação ressalta que a saúde do trabalhador é...
tracking img