Modelo de trabalho universitario

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2368 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Universitário do Maranhão - UNICEUMA



Francisco Matheus Mesquita Rocha


Bacia de Barreirinhas e Município de Capinzal do Norte






São Luís-ma
2011
Centro Universitário do Maranhão - UNICEUMA


Francisco Matheus Mesquita Rocha



Bacia de Barreinhas e Município de Capinzal do Norte

Trabalho apresentado á professora Giselypara obtenção de nota parcial da cadeira
Geologia.







São Luís-MA
2011
SUMÁRIO
Introdução................................................................pg 4.
GEOLOGIA REGIONAL E LOCAL..................................pg 5.
PRINCIPAIS FORMAÇÕES GEOLÓGICAS DO ESTADO DO MARANHÃO.............................................................pg 6.
FORMAÇÃOGRAJAÚ.................................................pg 6.
GRUPO BARREIRAS...................................................pg 6.
FORMAÇÃO GEOLÓGICAS ASSOCIADA AS JAZIDAS....pg 6.
BACIA BARREIRINHAS...............................................pg 6.
BACIA PARNAÍBA......................................................pg 7.
CONCLUSÃO............................................................pg 10.BIBLIOGRAFIA.........................................................pg 11.


Introdução



Este trabalho busca passar para quem está lendo as principais áreas do Maranhão onde se tem convicção que existe petróleo e gás que são as cidades de Barreirinhas e Capinzal do Norte, que fará com que o Maranhão avance não só economicamente, promete uma melhoria pra todo o Estado principalmente em infra-estruturae educação, que vem com a capacitação para trabalhadores da área.











GEOLOGIA REGIONAL E LOCAL
A Bacia de Barreirinhas, no norte do Brasil, apresenta uma boa potencialidade para hidrocarbonetos. É caracterizada por uma seqüência sedimentar com cerca de 6 km de espessura, dividida em três grandes grupos:
Grupo Canárias, Grupo Caju e Grupo Humberto de Campos. O Grupo Canáriasrepresenta uma sedimentação em ambiente deltáico construtivo e progradante, de idade albiana. É composto por cinco formações: Arpoador, Bom Gosto, Tutóia, Barro Duro e Sobradinho cuja deposição iniciou no Aptiano. A conversão de argilas expansivas para ilita é um processo químico importante durante a diagênese. Perry & Hower (1970), Hower et al. (1976).
Pearson et al. (1982) e Srodon (1984)mostraram que a ilitização dos argilitos começa em torno de 50°C, geralmente a mais de 1000 m de profundidade. Essa transformação, ocorrida durante a diagênese dos argilitos, é uma importante fonte de elementos químicos, que migram durante o soterramento. Os fluidos ricos em elementos químicos são responsáveis por modificações significativas nos arenitos adjacentes como precipitação e/ou dissolução decimentos, criação ou destruição de reservatórios de petróleo.
O Cretáceo, a nível global, é um período geológico importante devido às transformações ocorridas durante a formação do oceano Atlântico, relacionadas à quebra do Gondwana e devido as suas implicações posteriores. A Bacia de Barreirinhas é, nesse contexto, de particular interesse visto que a sua formação está diretamente ligada àabertura do Atlântico Equatorial durante o Eo-Cretáceo. Esta bacia apresenta vários indícios de óleo e gás, entretanto, a evolução de seus reservatórios ainda é pouco conhecida.
A leste do Golfão Maranhense, ocorrem amplos areais com formação de dunas, constituindo os Lençóis Maranhenses, que se estendem até a baía de Tutóia, ocupando uma área de 1500 km2, com dunas de até 50 m de altura, entremeadasde lagoas. Com as chuvas que caem no início do ano, afloram os lençóis freáticos nas partes mais baixas, formando lagoas de água doce, algumas com mais de 100 m de extensão. Na época da estiagem, de julho a dezembro, a maior parte dessas lagoas seca e apenas os rios e lagoas maiores resistem. Com a chegada do novo ciclo de chuvas, as lagoas voltam a ser abundantes, embora, muitas vezes, em...
tracking img