Modelo abc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3381 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de janeiro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE GERAL
AGRADECIMENTOS i
ÍNDICE GERAL ii
ÍNDICE DE ILUSTRAÇÕES iii
RESUMO iv
ABSTRACT v
EPIGRAFE vi
CAPÍTULO 1 – INTRODUÇÃO 1
1.1 Enquadramento 1
1.2 Questão fundamental, questões derivadas e hipóteses 2
1.3 Estrutura do trabalho 2
PARTE I 3
CAPÍTULO 2 – CONCEITOS BÁSICOS SOBRE ABC 3
2.1 O que é o método ABC? 3
2.2 Etapas do método ABC 3
2.3 Importância dautilização 5
CAPÍTULO 3 - EVOLUÇÃO DOS SISTEMAS DE CUSTEIO 5
3.1 Mudanças introduzidas 5
3.2 Vantagens e desvantagens 6
CAPÍTULO 4 - APURAMENTO DE CUSTOS 7
4.1 Caso prático 7
PARTE II 9
CAPÍTULO 5 – CONCLUSÕES 9
5.1 Conclusões 9
BIBLIOGRAFIA 10
ANEXOS A
ANEXO A – RELATÓRIO DE CUSTOS A

ÍNDICE DE ILUSTRAÇÕES
Ilustração 1 - Custos por actividade 7
Ilustração 2 - Distribuiçãode custos pelos produtos 8
Ilustração 3 - Relatório para apuramento de custos A

RESUMO
O tratamento dos custos surgiu em conjunto com a necessidade das empresas procurarem alcançar o máximo lucro possível.
Foi precisamente esta procura pelo lucro que proporcionou a criação dos sistemas de custeio, que entre outras coisas, visam o controlo dos gastos com a produção. No mercado globalizado ofactor custo é a chave para a competitividade das empresas.
Os sistemas de custeio tradicionais estão relacionados com o volume da produção, com as horas da mão-de-obra directa e das máquinas, com o valor da matéria-prima, entre outros e desenvolveram-se para servir entidades externas à organização como por exemplo os credores, investidores ou o estado. Contudo estes sistemas tradicionaisprovaram ser inadequados à gestão interna da organização.
Devido a este facto tornou-se crucial efectuar alterações a estes sistemas. É então que surge o método activity based costing (ABC), ao qual este trabalho de refere, que veio revolucionar o meio empresarial essencialmente no que diz respeito à qualidade e quantidade da informação fornecida pelos sistemas de custeio.
Enquanto que os métodostradicionais se preocupam preferencialmente com a valorização dos inventários, ou seja consideram unicamente os custos de fabricação, a metodologia ABC considera que todas as actividades realizadas na empresa servem para apoiar a produção e distribuição de bens e serviços, e como tal, devem ser integralmente consideradas nos custos dos produtos.

PALAVRAS-CHAVE: ACTIVITY BASED COSTING, CUSTOS DOSPRODUTOS, VALORIZAÇÃO DE INVENTÁRIOS, SISTEMAS DE CUSTEIO.
ABSTRACT
The cost treatment came together with the need for companies to achieve the maximum possible profit.
It was precisely this quest for profits that led to the creation of costing systems, which among other things, aim to control the production expenses. In the global market the cost factor is the key to business competitiveness.Traditional costing systems are related with the volume of the production, with the hours of the direct labor and of the machines, with the value of the raw material, among others and it have evolved to serve entities outside the organization such as creditors, investors or the state. However, these traditional systems proved to be inadequate to internal management of the organization.
Due tothis fact it has become crucial to make changes to these systems. It is then that appears the activity-based costing method (ABC), which this work refers to, that has revolutionized the business world mainly in terms of quality and quantity of information provided by cost systems.
While traditional methods are concerned mainly with the valuation of inventories, which means consider only thecosts of manufacturing, the ABC methodology considers that all activities within the company are used to support the production and distribution of goods and services, and as such, should be fully considered in the cost of products.

KEY-WORDS: ACTIVITY BASED COSTING, COSTS OF PRODUCTS, VALUATION OF INVENTORIES, COST SYSTEMS

EPIGRAFE

“O degrau da escada não foi inventado para repousar, mas...
tracking img