Moda e sustentabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2003 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 TEMA

ANTEPROJETO ARQUITETÔNICO DE UMA ESCOLA DE MODA COM

PRINCÍPIOS SUSTENTÁVEIS NA CIDADE DE MACEIÓ - AL

2 JUSTIFICATIVA, CARACTERIZAÇÃO DO OBJETO DE ESTUDO E REVISÃO DE LITERATURA

A moda acompanha a história da humanidade. Atravessando séculos, ela dita padrões em todas as épocas, é um assunto que sempre estará em pauta, um fenômeno social que estimulasentimentos e desejos.
Associada também ao luxo e ao glamour, ela se revela como uma forma de expressão de escolhas adotadas por cada indivíduo, na qual se faz referência a identificação, diferenciação e auto-afirmação.
Segundo Feghali e Dwyer (2004), a indústria têxtil é uma das atividades mais antigas e que emprega grande quantidade de mão-de-obra. De acordo com a Associação Brasileira deIndústria Têxtil e Confecção (ABIT), só no Brasil a indústria da moda teve um faturamento estimado de US$ 67 bilhões em 2011 contra US$ 60,5 bilhões em 2010. Através disso o setor se insere na economia do país, representando 3,5% no valor total do PIB.
Visto isso, fica claro que o ramo da moda tem grande influência sobre a economia brasileira, gerando fonte e renda para a população.
Por outrolado, este ramo é facilmente mutável, a produção acelerada e o consumo exacerbado transformam essas produções em artigos obsoletos em pouco tempo, que serão destinados a outras pessoas ou até mesmo descartados.

Tendo em vista essas particularidades, a moda transformou-se, sobretudo, em um elemento de consumo. Consumo esse que se tornou excessivo, originando dele a necessidade de maisprodutos e consequentemente maior uso de matéria-prima e maior demanda energética, gerando, a partir do modelo de produção dominante, diversos impactos ambientais negativo (CRANE, 2006, p. 355).

A produção deste seguimento tem contribuído de forma negativa gerando impactos ao meio ambiente e colocando em pauta mais uma vez como essas fabricações podem ser realizadas sem afetar de formademasiada o meio ambiente.
Surge então uma nova perspectiva, a moda atrelada à sustentabilidade, assunto que se faz presente no cotidiano da população geral atualmente, é um tema que tornou-se necessário e urgente perante as concepções dos dias atuais.
Desde muito tempo, as mudanças climáticas são estudadas por especialistas da área e estes estudiosos vêm alertando a sociedade paraconsequências futuras: “Os dados divulgados, entre 2006 e 2008, pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas, conhecido pela sua sigla em inglês IPCC, provocaram debates em todo o mundo.” (Gadotti, 2008, p.75).
Assiste-se atualmente a decomposição avançada do meio natural: fenômenos climáticos tornam as estações cada vez mais difíceis de definir terremotos, furacões,tsunamis devastam cidades inteiras e estes acontecimentos nada mais são do que reflexos do uso abusivo e desenfreado do homem que através de produções industriais em grandes e pequenas escalas têm causado esse desequilíbrio.
Para um melhor entendimento do ponto que esta sendo retratado, segue um breve conceito sobre desenvolvimento sustentável que de acordo com o relatório de Brundtland (1987)desenvolvimento sustentável é aquele que atende às necessidades do presente, sem comprometer o atendimento às necessidades das gerações futuras.
De acordo com Gadotti (2008), a sustentabilidade pode ser dividida em duas vertentes, o primeiro relativo à natureza e o segundo relativo à sociedade:

Sustentabilidade ecológica, ambiental e demográfica (recursos naturais e ecossistemas), que serefere à base física do projeto de desenvolvimento e com a capacidade da natureza suportar a ação do humano, com vistas à sua reprodução e aos limites das taxas de crescimento populacional; (Gadotti, 2008, p.76).
Sustentabilidade cultural, social e política, que se refere à manutenção da diversidade e das identidades, diretamente relacionada com a qualidade de vida das pessoas, da justiça...
tracking img