Mitos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2427 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A MITOLOGIA DO RAGNARÖK NO CINEMA

Resumo

Este artigo tem o objetivo de realizar uma análise sobre as interpretações feitas acerca do fim do mundo nórdico (Ragnarök) nos cinemas, assim como uma breve discussão sobre as influências cristãs em torno deste tema. Como referencial teórico, serão utilizadas as idéias de Johnni Langer e Régis Boyer no que diz respeito à mitologia e religiosidadeescandinava. Para isso, será tido como base o filme Erik, O Viking (1989), dirigido por Terry Jones, que possui uma visão peculiar sobre o assunto principal deste escrito, assim como alguns detalhes de representação da mitologia e também uma interessante influência cristã representada nitidamente no filme.

Palavras-chave: Crepúsculo dos deuses, mitologia nórdica, cristianização dosescandinavos.

THE RAGNARÖK MYTHOLOGY IN THE MOVIES

Abstract

This article aims to carry out an analysis of the interpretations made ​​about the end of the Norse world (Ragnarök) in the movies, as well as a brief discussion of Christian influences on the subject. As theoretical approach, will be used Johnni Langer and Régis Boyer’s ideas with regard to the Scandinavian mythology and religion. Thiswill be taken based on the film Erik, The Viking (1989), directed by Terry Jones, which has a peculiar vision of the main subject of this writing, as well as some details of representation of mythology, but also an interesting Christian influence clearly represented in the film.

Keywords: Twilight of the gods, norse mythology, the christianization of the scandinavians.

O que seria o Ragnarökpara os nórdicos?

De acordo com a mitologia nórdica, o mundo irá terminar no Ragnarök, onde todos os deuses serão mortos em uma batalha final com todos os montros e criaturas malignas lideradas por Loki. Antes da chegada do Ragnarök, o mundo passará por um inverno fortíssimo por três anos, durante este período o sol será inútil.
Loki irá reunir os gigantes de gelo e marchar à Asgard,enquanto o lobo Fenrir (pai de Sköll e Hati), a deusa Hel (filha de Loki e deusa dos mortos) e Jormungand (a serpente do mundo) serão libertados e juntarão-se à Loki e outros monstros na batalha contra o palácio dos deuses.
Na manhã do Ragnarök, o deus Heimdall soará seu corno (Gjallarhorn) chamando todos os deuses à luta, durante todo o caos, todos os grandes deuses – incluindo Odin e Thor – serãomortos, assim como Loki e suas criaturas eventualmente. O sol será engolido por Hati, as estrelas vão desaparecer e o mundo ficará em chamas e afundar ao mar.
É importante ressaltar também que o Ragnarök, porém, não é o fim de tudo, a Yggdrasil (árvore da vida) sobreviverá e dois humanos (Lif e Lifthrasir) serão encarregados da repopulação do mundo. O deus Balder –aqui entra uma parteinteressante de uma possível influência cristã que será discutida mais a frente– retornará dos mortos e reconstruirá Asgard.

Interpretações sobre o Ragnarök

O Ragnarök tem sido visto ao longo dos séculos por diferentes ângulos, o que nos leva a citar e discutir brevemente algumas dessas interpretações, para Johnni Langer (2012),

“Sofrendo transformações culturais à medida que os escandinavos iamsendo cristianizados, as idéias sobre o fim dos deuses foram dando continuidade à tradição oral e imagética pagã, mas aos poucos transformaram-se pelo hibridismo cultural, já não sendo tanto pagãs, mas também, em algus casos, nem tanto cristãs. (p. 23).”

Dessa forma, seguindo a arqueologia e a literatura presente nos nossos dias, é possível pensarmos diversas possibilidades ao se estudar ofim do mundo escandinavo. Podemos ver o exemplo deste hibridismo cultural citado por Langer em seu texto Símbolos religiosos dos vikings: guia iconográfico, onde o autor elabora um levantamento das principais imagens iconográficas encontradas na Escandinávia, relacionando-as com seu caráter simbólico e tradição oral, utilizando-se de algumas dessas imagens para uma comparação sobre as influências...
tracking img