Mitologia grega

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 585 (146035 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 14 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MITOLOGIA GREGA Volume I

© Editora Vozes Ltda. Rua Frei Luís, 100 25689 Petrópolis, RJ Brasil Diagramação Daniel Sant'Anna

SUMÁRIO

Volume I
Capa – Orelha - Contracapa - Ilustrações Prefácio, 9 Introdução, 13 As famílias divinas, 19 I. Mitologia grega: preliminares, 25 II. Mito, rito e religião, 35 III. A Grécia antes da Grécia e a chegada dos Indo-Europeus, 43 IV. Dos Jônios àIlha de Creta, 49 V. Os Aqueus e a Civilização Micênica: a maldição dos Atridas, 67 VI. Tróia histórica, Tróia mítica e as Invasões dos Dórios, 97 VII. Homero e seus poemas: deuses, mitos e escatologia, 115 VIII. Hesíodo, trabalho e justiça: Teogonia, Trabalhos e Dias, 147 IX. A primeira fase do Universo: do Caos a Pontos, 183 X. A Primeira Geração Divina: de Urano a Crono, 195 XI. Ainda a PrimeiraGeração Divina: filhos e descendentes (De Nix ao Leão de Neméia), 225 XII. Ainda a Primeira Geração Divina: filhos e descendentes (Do rio Nilo a Hécate), 259 XIII. A Segunda Geração Divina: Crono e sua descendência, 275 XIV. A Terceira Geração Divina: Zeus e suas lutas pelo poder, 331 Apêndice — Deuses gregos e latinos, 345 Bibliografia geral, 349 Índice onomástico, 373 Índice analítico, 401 PREFÁCIO

Através do conceito de arquétipo, C. G. Jung abriu para a Psicologia a possibilidade de perceber nos mitos diferentes caminhos simbólicos para a formação da Consciência Coletiva. Nesse sentido, todos os símbolos existentes numa cultura e atuantes nas suas instituições são marcos do grande caminho da humanidade das trevas para a luz, do inconsciente para o consciente. Estes símbolos sãoas crenças, os costumes, as leis, as obras de arte, o conhecimento científico, os esportes, as festas, todas as atividades, enfim, que formam a identidade cultural. Dentre estes símbolos, os mitos têm lugar de destaque devido à profundidade e abrangência com que funcionam no grande e difícil processo de formação da Consciência Coletiva. Os pais ensinam aos filhos como é a vida, relatando-lhes asexperiências pelas quais passaram. Os mitos fazem a mesma coisa num sentido muito mais amplo, pois delineiam padrões para a caminhada existencial através da dimensão imaginária. Com o recurso da imagem e da fantasia, os mitos abrem para a Consciência o acesso direto ao Inconsciente Coletivo. Até mesmo os mitos hediondos e cruéis são da maior utilidade, pois nos ensinam através da tragédia osgrandes perigos do processo existencial. 9

Todavia, os arquétipos são ainda mais do que a matriz que forma os símbolos para estruturar a Consciência. Eles são também a fonte que os realimenta. Por isso, os mitos, além de gerarem padrões de comportamento humano, para vivermos criativamente, permanecem através da história como marcos referenciais através dos quais a Consciência pode voltar às suasraízes para se revigorar. A obra de Jung demonstrou fartamente que o Inconsciente não é somente a origem da Consciência, mas, também, a sua fonte permanente de reabastecimento. Da mesma forma que a noite permite às plantas prepararem-se para cada novo dia e o sono descansa e reabastece o corpo, assim, também, o Inconsciente renova a Consciência. Das trevas fez-se a luz, que, através delas, se mantém.De noite, por meio dos sonhos; de dia, através da fantasia, os arquétipos produzem e revigoram os símbolos. A interação do Consciente com o Inconsciente Coletivo, através dos símbolos, forma, então, um relacionamento dinâmico, extraordinariamente criativo, cujo todo podemos denominar de Self Cultural. Os mitos são, por isso, os depositários de símbolos tradicionais no funcionamento do SelfCultural, cujo principal produto é a formação e a manutenção da identidade de um povo. A grande utilidade dos mitos, por conseguinte, está não só no ensinamento dos caminhos que percorrem a Consciência Coletiva de uma determinada cultura durante sua formação, mas também na delineação do mapa do tesouro cultural através do qual a Consciência Coletiva pode, a qualquer momento, voltar para realimentar-se...
tracking img