Mito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (262 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O mito da caverna, de Platão, consiste em mostrar que nem sempre o que vemos é verdade.Trata-se da exemplificação de como podemos nos libertar da condiçãode escuridão que nos aprisiona através da luz da verdade.

Resumidamente Platão utiliza uma caverna, e nesta caverna existe um homem, que lá de dentro,vê um monstro horrível, e que se tiver medo, nunca mais sairá de lá, agora, quando sai, vê que o monstro temido não passa de uma borboleta ou algo dotipo.....

Platão referia-se aos seus contemporâneos, com suas crenças e superstições. O filósofo era qual um fugitivo capaz de fugir das amarras que prendemo homem comum às suas falsas crenças e, partindo na busca da verdade, consegue apreender um mundo mais amplo. Ao falar destas verdades para os homensafeitos às suas impressões, não apenas não seria compreendido, como tomado por mentiroso, um corruptor da ordem antiga.

Numa visão espiritualista,especialmente segundo o Espiritismo, Platão falava também do mundo espiritual - de cuja percepção errada construíam os homens deuses, quando em verdade era compostopor homens comuns, apenas transitando numa dimensão distinta da qual teriam as pessoas contato apenas com as sombras.

O que é capaz de se libertar dasilusões, romper com o mito das sombras do povo
Ao sair de lá, o destino é a LUZ, ao pensar o destino são as IDÉIAS. Esta é a grande importância da procurado saber, da procura da verdade, da essência da vida humana. Deixar as TREVAS para encontrar a LUZ. Deixar a IGNORÃNCIA para encontrar o CONHECIMENTO.
tracking img