Mito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1365 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]



SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
HISTÓRIA

MARIA ALINE DA SILVA












Produção textual interdisciplinar em grupo
FUNDAMENTOS DA HISTÓRIA

























Cruzeiro do Sul - AC
2011

Maria Aline da Silva


















Produção textual interdisciplinar individual
FUNDAMENTOS DA HISTORIATrabalho apresentado ao Curso de História da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas: Comunicação e Linguaguem, História Antiga, Introdução aos Estudos Históricos, Filosofia, Seminário I.


Professores do 1º Semestre
















Cruzeiro do Sul -AC

2011


INTRODUÇÃONo século XIX, a aplicação do pensamento formulado por Auguste Comte na área de análise histórica acreditava que os pesquisadores deveriam encontrar o fator que determinasse a verdadeira história: ela seria algo indiscutível e localizado através dos documentos governamentais que jamais estariam errados, com omissões, ou deturpado. De acordo com tal forma de análise, apenas as histórias militares epolíticas teriam importância de serem verificadas. Após a localização dos fatos do passado, deveriam ser criadas leis gerais que explicassem todos os dados coletados. A quantidade de leis deveria ser a mínima possível, até se alcançar uma lei única e universal.

Na verdade, tal posicionamento revela a necessidade de uma pesquisa científica e metódica nas ciências sociais, fruto e tentativa deaplicação do mesmo que ocorre nas demais ciências a partir do século XIX. Até então, as narrativas históricas se limitavam a textos que misturavam credos religiosos com possíveis realidades, impossibilitando de serem separadas um do outro, ou mesmo narrativas de pessoas de destaque que tivessem presenciado os ocorridos. 

Atualmente, o positivismo encontra pouca receptividade dos historiadores. Noentanto, é digna a sua lembrança já que, pela primeira vez, existe a preocupação de se desenvolver narrativas históricas seguindo determinados critérios.
Fundamentos da História


A História (do grego antigo ἱστορία, transl. : historía, que significa "pesquisa", "conhecimento advindo da investigação") é a ciência que estuda homem e sua ação no tempo e no espaço, concomitante à análise deprocessos e eventos ocorridos no passado. Por metonímia, o conjunto destes processos e eventos. A palavra história tem sua origem nas «investigações» de Heródoto, cujo termo em grego antigo é Ἱστορίαι (Historíai). Todavia, será Tucídides o primeiro a aplicar métodos críticos, como o cruzamento de dados e fontes diferentes. O estudo histórico começa quando os homens encontram os elementos de suaexistência nas realizações dos seus antepassados. Esse estudo, do ponto de vista europeu, divide-se em dois grandes períodos: Pré-História e História.
Os historiadores usam várias fontes de informação para construir a sucessão de processos históricos, como, por exemplo, escritos, gravações, entrevistas (História oral) e achados arqueológicos. Algumas abordagens são mais frequentes em certosperíodos do que em outros e o estudo da História também acaba apresentando costumes e modismos (o historiador procura, no presente, respostas sobre o passado, ou seja, é influenciado pelo presente). (veja historiografia e História da História).

Os eventos anteriores aos registos escritos pertencem à Pré-História e às sociedades que co-existem com sociedades que já conhecem a escrita (é o caso, porexemplo, dos povos celtas da cultura de La Tène) pertencem à Proto-História.



Em sua evolução, a História se apresentou pelo menos de três formas. Do simples registro à análise científica houve um longo processo. São elas:

▪ História Narrativa - O narrador contenta-se em apresentar os acontecimentos sem preocupações com as causas, os resultados ou a própria veracidade. Também não...
tracking img