Mito, filosofia e ciência

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1201 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Mito, Filosofia e Ciência

Elisangela Oliveira

RESUMO
Este artigo pretende dizer algumas diferenças entre o Mito, Filosofia e a Ciência. Partindo das narrativas gregas, que relatam a origem do mito, para explicar a criação do mundo, dos deuses e dos seres que nele há e também para que fosse preservada a memória histórica de seus ancestrais. Os povos antigos valia-se de mitos paratrazer em memória seus entes queridos já mortos, para ensinar os mais jovens, quando estavam em alguma dificuldade etc.

Palavra-Chave: Mito, Filosofia e Ciência

INTRODUÇÃO
Discorreremos a seguir sobre ciência, mito e filosofia; mostrando as suas diferenças e características próprias e como cada uma das funções trabalham juntas proporcionado o mesmo objetivo de explicar a origem do mundo edo homem. Os gregos sempre foram politeístas, e seus deuses viviam um comportamento parecido com o humano, emoções e paixões, porém eles tinham algo que o homem não podia ter a imortalidade. Grande parte destas lendas e mitos chegou até os dias de hoje e são importantes fontes de informações que valem à pena serem estudados, para que possamos conhecê-los e assim entendermos o comportamento daquelaépoca. São histórias riquíssimas em dados psicológicos, econômicos, materiais, artísticos, políticos e culturais.

Mito, Filosofia e Ciência

Antes do surgimento da filosofia, tudo era explicado através de mitos. Os povos arcaicos criam que todas as coisas que havia em sua volta tinham significados, e por terem uma imaginação fértil procuravam explicá-las através de criaçõesmitológicas. Por meio dessas criações mitológicas surgiram os: heróis, deuses, ninfas, titãs e centauros etc. Mitos que os influenciavam constantemente. Uma personagem muito valiosa nesse contexto era a pitonisa, uma sacerdotisa do oráculo, a cada primavera, ela revelava mistérios sobre o futuro e sobre acontecimentos atuais. Seus oráculos eram constantemente consultados pelos gregos. Na grande maioria dasvezes, ela (pitonisa) buscava explicações mitológicas para tais acontecimentos. Para se obter sucesso na vida material era importantíssimo que os deuses estivessem á favor deles (homens), por isso, a regra fundamental era agradá-los. Por bons resultados em seu comercio, o trabalhador teria que deixar o deus Hermes satisfeito. Estas histórias foram contadas de geração para geração e adquiriramcaráter religioso, transformando-se em mitos ao longo dos anos, por dizerem respeito aos conflitos e anseios do ser humano.
Por ter um caráter racional e uma enorme importância histórica, a mitologia grega se tornou uma das mais analisadas na história das mitologias. Fala-se que os gregos antigos possuíam um pensamento lógico por excelência. E foi por intermédio desse pensamento lógico que os mitosforam adequados às necessidades da razão. Por não aceitarem nenhum tipo de incoerência, os gregos se vêem compelidos a gerar uma concepção de mundo, do qual as regras fossem sólidas e acreditáveis. Então, contradições foram ajustadas e a coerência foi propagada à mitologia. Com isso, surgiu o pensamento racional, previsível e permanente, onde, toda magia da criação do mundo (Kosmos) e da natureza(Physis) não tinham mais espaço. Aristóteles na cidade de Atenas elucidou o inicio do pensamento filosófico, da mesma maneira em que se explica o pensamento mitológico. Com o desejo de explicarem todos os fenômenos criados pela natureza, os filósofos caiam em muitas contradições.
Segundo Aristóteles a filosofia cresceu muito, ela atingiu áreas que iria além do estudo da natureza e seus fenômenos,agora se estudava também o comportamento humano (antropologia). Todavia os filósofos se perturbavam muito com as contradições seja em relação às teorias, seja com relação aos fenômenos, ou métodos. Com tudo isso a filosofia então resolveu acabar de vez com os deuses, propagando que eles não passavam de fábulas, para ações da natureza, que exigia uma explicação racional e não fantástica. Se...
tracking img