Missao integral da igreja

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1284 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]









A Missão Integral da Igreja - Tem sido uma prática?















Trabalho desenvolvido pelo aluno: CLAUDEMIR POLICARPO DE AZEVEDO, região 697, para obtenção parcial e convalidaçao do 1º ano do curso de teologia realizado no ITQ – Santa Cândida, sob orientação do Pastor Marcos Lapa.










Curitiba, 25 de Marçode 2013.

MISSÃO INTEGRAL DA IGREJA?

O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de responder a seguinte pergunta: O que vem a ser a missão integral da igreja?
Buscamos sempre sanar a duvida que nos consome, e para esta busca sempre temos uma indagação. Depois de boa reflexão chegamos à resposta, ela é nada mais do que ouvir novamente o chamado de Jesus em obediência e,certamente, vivenciá-lo.
A todo o momento, Jesus nos chama para estarmos com Ele. Um chamado que vai além, Jesus nos chama a pregarmos o evangelho, e assim, realizando o anúncio das boas novas. Jesus nos chama e ordena, em seu Nome, a expulsar os demônios. É o anúncio da libertação. Jesus nos chama para curar os enfermos. Esta é a possiblidade de vermos a Glória de Deus no milagre da Cura erestaurações de vidas.
Podemos afirmar então, que a Missão integral é a forma que nós temos e buscamos de juntar tudo isto para que o nosso seguimento a Jesus seja o mais profundo, o mais bonito, o mais intenso possível. Nosso Senhor e Salvador Jesus chama a sua igreja de uma forma integral. Um chamado expresso a todos, por toda a nossa vida e nos chama pela vida toda. E é justamente estaMissão Integral da Igreja que precisa responder a este chamado de Jesus. Envolvendo desta forma, toda nossa vida, e fazendo valer o trocadilho, a vida de toda Igreja.
O Fato é que a missão integral é um jeito de respondermos a nossa vocação para sermos cidadãos do Reino de Deus no mundo de hoje. Cidadãos deste reino em nossa sociedade, nas nossas comunidades, nas Igrejas, nas famílias. Eacredito profundamente que é neste compêndio de Maravilhas celeste que respondemos à missão que Deus nos tem confiado neste tempo, nos dias vigentes.


PROGRESSOS E ANACRONISMOS DA IGREJA?

Neste momento, chegamos então, à segunda pergunta tem a ver com a Missão Integral na vida da nossa Igreja no Brasil. E ao pararmos para refletir, percebemos logo, o quão interessante são as nossasrespostas ao Evangelho de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo de Nazaré, e ao seu chamado, que acabam sendo sempre parciais. E também é verdade, que sempre buscamos, novamente, por respostas completas. Em uma coisa devemos ter concordância: “Paulo fala sobre isso”. Estamos em uma busca constante, porém, Paulo deixa bem claro que nós não as alcançamos agora.
E, é exatamente assim que acontececom nossa Igreja, e também, nas diferentes Igrejas neste nosso Brasil, muitos irmãos e irmãs servindo a Jesus intensamente, de forma integral e com excelência. Refiro-me as comunidades, as periferias aos pequenos projetos, as pequenas Igrejas, aos programas de desenvolvimento comunitário que são realizados Em Nome da Santa Escritura, do Sagrado Evangelho. É uma nova geração de adoradores, ministrosque atende na semântica da palavra e que desperta para a compreensão do Evangelho de Jesus Cristo.
Que este entendimento, seja de fato, para a vida toda e que valha o trocadilho: E, envolva a todos para toda vida. E nós, já notabilizamos estes sinais em nosso País.
Ao retomar o tema: “Missão Integral”, podemos afirmar que também encontramos os seus desafios, e para fundamentaresta afirmação poderíamos apresentar dois desses grandes desafios: Teologia da Prosperidade. Uma ênfase, que desfoca o verdadeiro Evangelho. E lamentavelmente, temos caído neste materialismo. E desfocados deixamos de ver o Evangelho todo, designado a todos e a todas as comunidades. E o outro desafio, podemos considerar a outra grande tentação é desencarnar o Evangelho. É fazer dele um prélio...
tracking img