Minha vida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (366 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
António Jacinto
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
António Jacinto do Amaral Martins (Luanda, 28 de setembro de 1924 — Lisboa, 23 de Junho de 1991) foi umpoeta angolano.
Jacinto ganhou conhecimento com sua poesia de protesto, e devido à sua militância política, foi exilado no Campo de Concentração de Tarrafal, em Cabo Verde, no período de 1960 a 1972.Voltou para Angola em 1973, e se juntou ao MPLA - Movimento Popular de Libertação da Angola. Com a independência do país frente à colonização portuguesa em 1975, António foi nomeado Ministro da Educaçãoe Cultura, cargo que ocupou até o ano de 1978.

António Jacinto

Escritor e político angolano, António Jacinto do Amaral Martins nasceu a 28 de setembro de 1924. Fez os estudos liceais em Luanda,trabalhando, mais tarde, como empregado de escritório. Nacionalista ativo e militante do MPLA, foi preso, em 1961, pela PIDE e condenado a catorze anos de prisão, dez dos quais cumpridos no campo deconcentração do Tarrafal, em Cabo Verde. Libertado em 1972, foi-lhe fixada residência em Lisboa, onde trabalhou durante cerca de um ano como técnico de contabilidade. Em 1973, evadiu-se de Portugalpara se juntar às forças do MPLA, tornando-se diretor do CIR (Centro de Instrução Revolucionária). Durante a descolonização, a sua reconhecida capacidade organizativa levou-o a ocupar os cargos deministro da Educação Nacional e secretário do Conselho Nacional da Cultura.Elemento importante do Movimento dos Novos Intelectuais de Angola, criado em 1948, publicou Poemas (Lisboa, 1961) e colaborou emMensagem (Luanda), Mensagem (Casa dos Estudantes do Império), Cultura II, Jornal de Angola, Itinerário, Brado Africano, Império e Notícias do Bloqueio. Sendo um dos mais representativos poetasangolanos, várias vezes incluído em antologias, o autor é também prosador, destacando-se, na sua obra mais recente, os livros Fábulas de Sanji (1988) e Vovô Bartolomeu (1989), que nos revelam um atento e...
tracking img