Minha história com a fotografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (745 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Minha história com a fotografia

Desde a infância percebo a fotografia como fazendo parte de minha vida. Nas apresentações infantis, típicas de pré-escolas, meus pais não podiam adquirir umacâmera, mas me presenteavam com uma ou duas imagens compradas desses dias que são tão importantes para as crianças. Mesmo sem poder manusear uma câmera fotográfica, fosse pela idade, fosse por não tercondições financeiras de adquirir uma, as imagens por ela produzidas já me encantavam e sem que eu ou minha família pudéssemos prever, iria traçar o meu futuro.
Aos 4 anos de idade minhafamília passou por uma tragédia quando um desmoronamento atingiu a casa de minha avó de forma irreversível. Em meio a perda material, os flagrantes capturados em momentos familiares foram todos perdidos eas lembranças passaram a habitar somente os pensamentos de todos nós, pois a imagens perderam-se definitivamente.
Até o final dos anos 90 era muito comum que as fotos fossem feitas em rolos defilmes e depois reveladas para que pudessem ser guardadas em álbuns. Eu costumava admirar e muito esses álbuns, qual fossem eles, e minha imaginação tomava grandes proporções com aquelas imagens tãodiferentes e ao mesmo tempo tão familiares.
Assim, com esse olhar imaginativo, me pus a questionar os motivos que meus pais não tinham coleções de fotos para me mostrar, pois eu já sentia umagrande vontade de fazer as minhas próprias fotos. As coleções haviam se perdido por completo.
Desde então me percebi observadora dos ângulos que os cenários ofereciam e, na época em que completei9 anos de idade foi possível para minha família adquirir uma câmera fotográfica. Lembro-me da satisfação inenarrável que senti quando pude manusear aquele aparelho tão pequeno e ao mesmo tempo tãopoderoso. Uma fábrica de imagens, sonhos, desejos e compensações por tantas perdas.
Morávamos na região do bairro Perdizes e meu pai costumava sair com as quatro filhas para caminhar pelas ruas...
tracking img