Minerais e rochas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2532 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MINERAIS E ROCHAS
MINERAL

É um elemento ou composto químico, resultante de

processos inorgânicos, com composição química geralmente definida e de
ocorrência natural na crosta terrestre.
Exceto a água e o mercúrio, em condições normais de
temperatura e pressão, todos os minerais são sólidos.

MINERAIS E ROCHAS
ROCHAS

É um agregado natural, formado de um ou mais

minerais, queconstitui parte essencial da crosta terrestre e é nitidamente
individualizado.
A individualização ocorre pela agregação dos minerais segundo
leis físicas e químicas que atuam no momento da formação da rocha.
Essa
Essa agregação, portanto, não se dá ao acaso.

MINERAIS
PROPRIEDADES FÍSICAS
ESTRUTURA
quase todos ocorrem no estado cristalino

rede cristalina própria

são determinados7 sistemas cristalinos: cúbico, tetragonal, trigonal,
hexagonal, rômbico, monoclínico e triclínico.

CLIVAGEM
É a propriedade que tem uma substância cristalina em dividir-se em
planos paralelos;
É decorrente da estrutura cristalina do mineral;
Pode ocorrer em uma ou mais direções;
1 direção

clivagem em “folhas” = mica

3direções

clivagem em “cubos” = galena

CLIVAGEM
A clivagempode ser:
Excelente ou preeminente

clivagem ocorre com facilidade, com

as lâminas paralelas do mineral destacando-se sobre a pressão da unha ou
uma lâmina. Ex.: mica, gipsita.
Perfeita

a clivagem ocorre sob ligeira percussão de um martelo.

Ex.: calcita, feldspato.
Indistinta

é difícil distinguir a face onde ocorre a clivagem dos

locais onde há simplesmente fraturas. Ex.:apatita.
Sem clivagem

quando apresenta fratura.

Clivagem

DUREZA
Relaciona-se com a resistência de um mineral à penetração de uma
ponta aguda que tenta riscá-lo.
Quando a ponta risca o mineral com facilidade diz-se que o mineral
possui baixa dureza, caso contrário ele tem alta dureza.
A dureza segue uma escala

Escala de MOHS

1 – Talco

6 – Ortoclásio

2 – Gipsita

7 –Quartzo

3 – Calcita

8 – Topázio

4 – Fluorita

9 – Coríndon

5 – Apatita

10 – Diamante

DUREZA
Na escala de MOHS os intervalos não são proporcionais;
Por exemplo: Diamante
Coríndon

dureza 10
dureza 9

Diamante 140 vezes mais
duro que o Coríndon

A unha humana consegue riscar minerais de dureza 1 e 2;
Aço comum e vidro riscam minerais até 5;
Minerais de 6 a 7 riscam E osde 8 a 10 cortam o vidro;

PESO ESPECÍFICO
Indica quantas vezes um certo volume de mineral é mais pesado do
que um mesmo volume de água destilada a 4ºC.
Densidade é o peso de 1 cm3 de mineral, em gramas.

Minerais formadores das rochas possui densidade de 2,5 – 4,0
Minerais formadores de minérios de 4,0 – 7,5

Densidades de alguns minerais:
halita: 2,2

ferro: 7,3 – 7,9

quartzo:2,65

mercúrio: 13,6

calcita: 2,75

ouro: 19,4

galena: 7,5

PROPRIEDADES ÓTICAS
BRILHO
É a capacidade de reflexão da luz incidente
Brilho metálico

minerais não transparentes opacos

Brilho não metálico
translúcidos

minerais transparentes e

COR
Uma
das
caracterização dos minerais.

características

mais

Minerais metálicos
vermelho
cobre nativo
amarelopirita, ouro
branco-argênteo
prata nativa
branco-acinzentado
galena
preto-acinzentado
hematita

Minerais não-metálicos:
preto
biotita
azul
lazulita
azul-da-prússia
cianita
verde-esmeralda
esmeralda
amarelo-citrino
enxofre
vermelho-escarlate
cinábrio
acastanhado-avermelhado
zircão

importantes

na

COR
É importante que a cor seja observada sempre em uma fratura
recémfeita, porque a superfície sofre ação de agentes que alteram a cor
dos minerais.
Ainda distingue-se:

Idiocromáticos

cor própria e constante, dependente da composição
química.

Alocromáticos
Acróicos

cor variável com a composição química ou impurezas.

incolores quando puros. Podem apresentar variadas cores

devido a composição química ou impurezas.

PROPRIEDADES QUÍMICAS
Os...
tracking img