Minas gerais - inicio de tudo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1387 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Minas Gerais

• Onde ficavam as Minas Gerais

As Minas Gerais ficava na região suldeste do país, pouco colonizada pelos portugueses. As Minas Gerais da época era composta prelos municípios de: Barão de Cocais, Belos Valem, Bom Jesus do Amparo, Caeté, Catas Altas, Congonhas, Itabira, Itabirito, Mariana, Nova Lima, Ouro Branco, Ouro Preto, Piranga, Raposos, Rio Acima, Sabará, Santa Bárbara,Santa Luzia e São Gonçalo do Rio Abaixo.
Em 1696 foi fundado o arraial de Nossa Senhora do Ribeirão do Carmo, o qual, em 1711, se tornou à primeira vila de Minas Gerais, núcleo original do atual município de Mariana.
No entanto, a produção aurífera começou a cair por volta de 1750, o que levou Portugal a buscar meios para aumentar a arrecadação de impostos, provocando a revolta popular; queculminou na Inconfidência Mineira, em 1789.

[pic] [pic]
Mapa da Região 1709
As sete províncias originais

• Quais as Características da Sociedade Mineradora?

A sociedade mineradoraapresentou grande novidade em relação à sociedade açucareira: a existência da classe média colonial (bem numerosa), isso representava uma maior mobilidade social (mais possibilidade de pessoas ascendendo socialmente). Composta de pessoas que não eram ricas como os latifundiários ou dono de grandes minas, mas também não eram trabalhadores pobres que não tinham condições de ter alguns escravos, porexemplo. Eram funcionários públicos, militares, profissionais liberais (pessoas com curso superior que trabalhavam sem patrão como médicos e advogados) e pequenos mineradores. E também havia na sociedade mineradora, um grande estímulo ao desenvolvimento urbano e ao comércio voltado para o comércio interno.

• Como era a organização social?

Nas regiões mineradoras a sociedade era urbana ehavia um maior número de pessoas pertencentes à classe intermediária.
A própria natureza da atividade mineradora, com sua variedade de funções e serviços, estimula o comércio, a formação de núcleos populosos e permite maior mobilidade social. A vida urbana mais intensa viabilizou também, melhores oportunidades no mercado interno e uma sociedade mais flexível, principalmente se contrastada com oimobilismo da sociedade açucareira.
Embora mantivesse a base escravista, a sociedade mineradora diferenciava-se da açucareira, por seu comportamento urbano, menos aristocrático e intelectualmente mais evoluído. Era comum no século XVIII, ser grande minerador e latifundiário ao mesmo tempo. Portanto, a camada socialmente dominante era mais heterogênea, representada pelos grandes proprietários deescravos, grandes comerciantes e burocratas. A novidade foi o surgimento de um grupo intermediário formado por pequenos comerciantes, intelectuais, artesãos e artistas que viviam nas cidades.
Incluíam-se também nessa camada intermediária os padres seculares. Na Colônia, poucos membros do clero ocupavam altos cargos como, por exemplo, o de bispo. Este morava na única cidade da capitania: Mariana.[pic]

• Como se dava a produção nas minas? O que era produzido?


O ouro era encontrado quase à superfície do solo. As técnicas usadas, porém, eram primitivas. No ouro de lavagem (existente no leito dos rios) utilizava-se a bateia. Para garimpar nos barrancos, eram abertas as catas (grandes buracos afunilados) de onde o cascalho era retirado e lavado, recolhendo-se as pepitas alidepositadas. No caso dos veios auríferos (explorados somente por mineradores com recursos) cavavam-se lavras ou minas, exploradas a céu aberto ou em galerias subterrâneas.
Havia,basicamente dois tipos de “empresas” mineradoras: a Lavra (grande extração) e a Faiscação (pequena extração). A lavra consistia numa extração de dimensão relativamente grande em jazidas de importância e utilizava amplamente o...
tracking img