Midia e sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (870 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. A palavra humor nos remete a seguinte definição: “estado de ânimo cuja intensidade representa o grau de disposição e de bem-estar psicológico e emocional de um indivíduo”, ou seja, é uma maneirapara compreensão de culturas, religiões e costumes da sociedade. O humor acompanha o desenvolvimento da sociedade em sua forma de pensar criando e derrubando paradigmas. O objetivo principal de umapiada é tornar uma situação cotidiana engraçada e até mesmo explicar algumas incógnitas como fazia o saudoso Millor Fernandes. O autor trabalhava o humor de forma inteligente promovendo umaconscientização a respeito de problemas sociais, políticos entre outros, não chegando ao extremo de tornar-se vulgar ou mexer com a dignidade de uma pessoa. Segundo Jô Soares “o humor não deve ter limites”; ohumorista deixa claro que o humor não deve ser censurado e sim, a polidez deve partir daquele que o faz. O humor não pode invadir a privacidade das pessoas e muito menos mexer com sua dignidade. Percebemosque as frases e comentários de Rafinha Bastos penetram no conteúdo que pode ser classificado como mau humor, pois denigrem a imagens das pessoas sem qualquer tipo de pudor. Segundo o crítico AlbertoDimes o que falta realmente para as pessoas é compreender a essência do humor. É necessário que o público avalie o que lhe está sendo apresentado como humor chegando a uma opinião consciente. Todoesse entrave a respeito do humor nos conduz ao desrespeito ao ser humano demonstrando de forma límpida a mediocridade e a hipocrisia arraigada em nossa sociedade.



2. O ato de assistir TV fazparte do cotidiano da sociedade. A TV está presente em todos os lares por ser um meio de comunicação popular que interfere no modo de agir, pensar e de conhecer o mundo. O objetivo principal datelevisão é informar e entreter o telespectador conduzindo-o a informação e a cognição. Segundo dados apresentados em 2009, 55,1% da programação é de entretenimento, 15,6% de informação, 16% de outros...
tracking img