Microsiga

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 283 (70617 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Tecnologia Protheus
O Advanced Protheus é uma nova tecnologia desenvolvida sobre o sistema Advanced, que teve toda a inteligência dividida em duas camadas: Servidor de Aplicação (Protheus Server) e Interface (Remote). Ou seja, uma aplicação 32 bits que se encarrega do gerenciamento das conexões, da execução do código AdvPl e do acesso aos recursos de banco de dados (ADS, Btrieve, CTreeou TopConnect), e uma aplicação thin-client que efetua apenas a interface com o usuário.


Características da Tecnologia Protheus

As principais características da tecnologia Protheus são:

• Possibilidade de grande variação de topologias de rede e processamento distribuído

• Baixo tráfego de rede entre o AP5 Server e o AP5 Remote

• Utilização de configurações,possibilitando o uso de conexões simultâneas através de protocolos diferentes e o acesso a diferentes repositórios  de APO's e diretórios (o que permite o uso de diferentes idiomas, versões, etc, acessando a mesma base de dados)

• Diferentes possibilidades de impressão de relatórios. No Advanced Protheus pode-se imprimir os relatórios de três formas:

1. Em disco

2. Via Windows3. Direto na Porta

As impressões efetuadas via Windows ou diretamente na porta podem ser impressas no servidor (o que evitará o tráfego de rede do relatório impresso) ou na estação. As impressões efetuadas em disco também evitam o tráfego de rede. Os relatórios em disco são sempre mantidos no servidor e somente as páginas requisitadas são enviadas à estação.

• Os arquivos de banco dedados são sempre abertos no servidor. Entretanto, arquivos texto podem ser abertos na estação com a função FOpen. A referência a paths que não contiverem uma letra de drive (por exemplo, "\DADOS\ARQ.TXT"), são consideradas a partir do servidor no diretório informado na seção "RootPath" do arquivo de configurações do Protheus Server

• Não existe o conceito de "módulos" de sistema. Existe oconceito de programa inicial, de onde a execução do Remote será iniciada (e os outros APO's utilizados serão carregados e descarregados dinamicamente de acordo com sua chamada a partir deste). Isso permite que rotinas que eram de "módulos" diferentes sejam executadas diretamente de um mesmo menu de usuário


As Camadas do Advanced Protheus

[pic][pic][pic]

O Advanced Protheus é divididoem quatro camadas para a operação são elas:

• Servidor de Aplicação

• Terminal Thin-Client

• Dados

• Repositório de APO´s


Servidor de Aplicação

O Protheus Server é a aplicação encarregada da compilação e da execução do código em AdvPl, no qual o sistema Siga Advanced está escrito a partir da versão 5.07. Na linguagem AdvPl, as rotinas são mantidas em APO's(Advanced Protheus Objects) individuais em repositórios. Isso permite que as rotinas sejam carregadas/descarregadas dinamicamente da memória da máquina onde o Protheus Server está sendo executado, ou seja, de acordo com a necessidade de execução dos Terminais conectados, e facilita a atualização após correções de não-conformidades ou criação de melhorias, pois apenas os APO's modificados necessitamser atualizados. Desse modo, a performance é alta e não requer muitos recursos da máquina para a execução do servidor.


Terminal Thin-Client

O Remote é a aplicação encarregada da interface com o usuário. Não existe processamento local, por isso o tráfego de rede entre o Terminal e o Servidor de Aplicação é baixo, tratando-se apenas de comandos para o desenho das telas e do tratamentodo teclado e mouse.


Dados

O acesso aos dados é efetuado pelo Servidor de Aplicação utilizando as seguintes bases de dados: ADS, BTrieve, CTree e TopConnect (para padrão SQL). Para bases de dados SQL, existe total suporte a Stored Procedures. No Protheus, todas as bases de dados têm suporte a controle de transação.


Repositório de Apo’s

E no repositório que se...
tracking img