Micrografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1586 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
|
ESCOLA DE ENGENHARIA DE PIRACICABA
Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba
Curso de Engenharia Mecânica
| |

“Exame Micrográfico”

|Nome: Evandro Gutierrez |RA: 200060694 |

Piracicaba
Maio de 2008
Sumário
Página.

1. OBJETIVO 2

2. INTRODUÇÃO 3

3.REVISÃO BIBLIOGRÁFICA OU FUNDAMENTOS TEÓRICOS 5
3.1) Escolha e localização da seção a ser estudada__________________________5

3.2) Realização de uma superfície plana e polida no lugar escolhido_____________5

3.3) Exame ao microscópio para observação das ocorrências visíveis sem ataque__6

3.4) Ataque da superfície por um reagente químicoadequado__________________6

3.5) Exame ao microscópio para observação da textura_______________________7

4. MATERIAIS E MÉTODOS 10

5. ANÁLISE DE DADOS/RESULTADOS DO EXPERIMENTO 11

6. CONCLUSÃO 12

7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 13

1. OBJETIVO
O objetivo desta aula pratica é identificarmos através de comparação de imagens, o material cujo qual foi analisado.

2. INTRODUÇÃO
SegundoColpaert, “metalografia microscópica (ou micrografia dos metais) estuda os produtos metalúrgicos, com o auxílio do microscópio, visando à determinação de seus constituintes e de sua textura. Este estudo é feito em superfícies previamente polidas e, em geral, atacadas por um reativo adequado”.
O estudo dos produtos metalúrgicos, com auxílio de microscópio (aumentos maiores de 10 vezes), visa adeterminação de seus constituintes e de sua textura. Este estudo também é feito em superfícies polidas e, em geral, atacadas por um reativo adequado. Convém esclarecer que os metais, de um modo geral, são agregados cristalinos cujos cristais (perfeitamente justapostos e unidos) tanto podem ser quimicamente idênticos, como de composição química diferente. Esses cristais chamam-se geralmente grãos emvirtude de sua conformação, mas quando apresentam formas ou aspectos particulares, podem chamar-se nódulos, veios, agulhas, glóbulos, etc. Estes elementos podem observar nas figuras 1, 2, 3 e 4.

[pic]

[pic]

[pic]

[pic]

Com o auxílio da técnica apropriada, consegue-se tornar visível a textura microscópica do material, pondo assim em evidência os diversos grãos de que é formado.A apreciação da natureza destes, suas respectivas percentagens, suas dimensões, arranjo e formato, e a interpretação destes dados constituem o escopo do exame micrográfico dos metais.
A importância deste exame decorre do fato de as propriedades mecânicas de um metal dependerem não são de sua composição química como também de sua textura. Com efeito, um mesmo material pode tornar-se mole,duro, duríssimo, quebradiço, elástico, tenaz, etc., conforme a textura que apresentar e que lhe pode ser dada por meio de trabalhos mecânicos ou tratamentos térmicos adequados.

3. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA OU FUNDAMENTOS TEÓRICOS
As técnicas de preparação das amostras são semelhantes as da macrografia, apenas com algumas particularidades em função do aumento que a amostra será submetida e doobjetivo da análise.
Um ensaio micrográfico corrente pode ser dividido nas seguintes fases:

3.1) escolha e localização da seção a ser estudada;

3.2) realização de uma superfície plana e polida no lugar escolhido;

3.3) exame ao microscópio para a observação das ocorrências visíveis sem ataque;

3.4) ataque da superfície por um reagente químico adequado;

3.5) exame aomicroscópio para observação da textura.

3.1. ESCOLHA E LOCALIZAÇÃO DA SEÇÃO A SER ESTUDADA
A localização do corpo ou dos corpos de prova para micrografia em peças grandes é frequentemente, feita após o exame macrográfico, porque, se o aspecto for homogêneo, a localização do corpo de prova é em geral indiferente; se, porém, não for e revelar anomalias ou heterogeneidades, o observador pode...
tracking img