Microdrenagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 132 (32901 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Militar de Engenharia - IME

D r e n a g e m Urbana e de Rodovias

Curso de Drenagem Urbana e Meio Ambiente

INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA

Cel PAULO ROBERTO DIAS MORALES

CURSO DE DRENAGEM URBANA E MEIO AMBIENTE

Apostila Destinada à Complementação do Curso de Drenagem e Meio Ambiente – ABPv

Colaboradores: Saul Germano Rabello Quadros Adriano da Rocha Reis

Rio deJaneiro 2003

INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA - IME Índice

ÍNDICE

Cel Paulo Roberto Dias Morales

INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA - IME Índice

ÍNDICE
DRENAGEM URBANA 1. INTRODUÇÃO 1.1 DEFINIÇÕES E CARACTERÍSTICAS DOS TIPOS DE DRENAGEM URBANA 1.1.1 Campo de Aplicação da Drenagem Superficial 1.1.2 Campo de Aplicação da Drenagem Subterrânea 1.1.3 Drenagem Vertical 1.1.4 Drenagem porElevação Mecânica (Bombas) 1.2 1.3 CRITÉRIOS E ESTUDOS PARA OBRAS DE DRENAGEM DEFINIÇÃO DO ESQUEMA GERAL DE PROJETO – DETALHES E TRAÇADO D REDE A PLUVIAL PÁG. 1 2 4 4 4 5 5 6 12 12 14 15 18 18 19 21 22 22 22 25 26 26 30 31 32 34 34 35 37 38 41 42 43 47 48 49 50 52 53 55 56 58 Cel Paulo Roberto Dias Morales

SÍNTESE SOBRE O SISTEMA VIÁRIO URBANO 2. INTRODUÇÃO 2.1 CARACTERÍSTICAS DOS S ISTEMASVIÁRIOS 2.2 2.3 CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL DAS VIAS RELAÇÃO ENTRE OS TIPOS DE VIAS E TAMANHOS DE LOTES CONCEITO HIDROLÓGICO

3. PRECIPITAÇÃO 3.1 TEMPO DE RECORRÊNCIA 3.2 TEMPO DE CONCENTRAÇÃO 3.3 3.4 3.5 PRECIPITAÇÃO DE PROJETO ESCOAMENTO S UPERFICIAL VAZÃO DE CONTRIBUIÇÃO

3.5.1 Formulas Empíricas 3.5.2 Método Racional (IS -03 Áreas < 10 Km2 ) DRENAGEM 4. INTRODUÇÃO 4.1 DEFINIÇÃO 4.2 CAMPO DEAPLICAÇÃO 4.3 CLASSIFICAÇÃO 4.4 DRENAGEM S UPERFICIAL 4.4.1 Detalhamento 4.4.1.1 Sarjeta Pé-de-corte 4.4.1.2 Sarjeta de Aterro 4.4.2 Sarjetas – Disposições Construtivas 4.4.3 Valeta de Proteção de Corte 4.4.4 Valeta de Proteção de Aterro 4.4.5 Valeta de Derivação 4.4.6 Dimensionamento: Canais – valetas, canaletas, sarjetas e outros 4.4.7 Vala Lateral 4.4.8 Corta-Rios 4.4.9 Bacia de Captação 4.4.10 Rápidosou Descidas D’água 4.4.11 Bacia de Amortecimento 4.4.12 Dreno Transversal de Base 4.4.13 Diques de Amortecimento 4.4.14 Revestimento Vegetal 4.4.15 Bueiros

INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA - IME Índice

4.5 DRENAGEM S UBTERRÂNEA 4.5.1 Drenos Longitudinais 4.5.1.1 Tipos de Drenos Longitudinais 4.5.1.2 Detalhamento do Tubo 4.5.2 Dreno Transversal 4.5.3 Drenos em Camadas 4.5.3.1 Colchão drenante4.5.3.2 Filtros de transição 4.5.3.3 Drenos Verticais 4.5.3.4 Dreno Sub-horizontal profundo 4.5.4 Drenagem Profunda – Dimensionamento dos Drenos 4.5.4.1 Descarga de Projeto 4.5.4.2 Descarga de Projeto 4.5.5 Drenos cegos (sem tubos) 4.5.5.1 Problemas 4.5.6 Determinação do comprimento crítico 4.5.7 Espaçamento entre os drenos longitudinais 4.6 DRENAGEM DE MUROS DE ARRIMO 4.7 BUEIROS 4.7.1Classificação 4.7.2 Nomenclatura 4.7.3 Técnicas Construtivas 4.7.3.1 Declividade 4.7.3.2 Alinhamento 4.7.3.3 Posição das Bocas 4.7.3.4 Fundação 4.7.3.5 Comprimento 4.7.3.6 Alas e muros de testa (viga de topo) 4.7.3.7 Rejuntamento 4.7.3.8 Reaterro 4.7.3.9 Cobertura 4.7.3.10 Localização 4.7.4 Drenagem de Transposição de Talvegues - Cálculo p/ determinação do tipo de bueiros 4.7.4.1 Elementos Constituintes4.7.4.2 Classificação 4.8 CONSERVAÇÃO 4.8.1 Manutenção das Valas 4.8.2 Manutenção das Sarjetas 4.8.3 Banquetas 4.8.4 Drenos Subterrâneos 4.8.5 Bueiros DRENAGEM RODOVIÁRIA URBANA E MEIO AMBIENTE 5. INTRODUÇÃO 5.1 A INSERÇÃO DA RODOVIA NA ÁREA URBANA 5.2 5.3 5.4 RETENÇÃO E DETENÇÃO DE VAZÕES DEFICIÊNCIAS DOS S ISTEMAS DE DRENAGEM PRINCIPAIS IMPACTOS ADVINDOS DAS DEFICIÊNCIAS DOS S ISTEMAS DE TRANSPORTES59 60 63 64 65 67 67 68 69 71 72 72 73 74 74 74 75 76 79 79 81 86 86 87 88 90 92 95 95 96 97 98 99 99 99 106 108 109 109 110 111 112 113 114 115 115 116 Cel Paulo Roberto Dias Morales

5.4.1 Enchentes Urbanas

INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA - IME Índice

5.4.2 Enchentes em Áreas Ribeirinhas 5.4.3 Inundações Localizadas 5.4.4 Outros Impactos Ambientais ALGUMAS MEDIDAS PREVENTIVAS...
tracking img