Microcystis aeruginosa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 52 (12780 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
E SE UM BLOOM DE CIANOBACTÉRIAS TE BATESSE À PORTA? Trabalhos experimentais desenvolvidos com Microcystis aeruginosa

Bruno Miguel Pratas dos Santos Poeira Fernando Miguel Caetano Biscaia Fraga

2010

E SE UM BLOOM DE CIANOBACTÉRIAS TE BATESSE À PORTA? Trabalhos experimentais desenvolvidos com Microcystis aeruginosa

Bruno Miguel Pratas dos Santos Poeira Fernando Miguel Caetano BiscaiaFraga

Revisão científica: Ana Maniés de Oliveira

Escola Secundária de Pedro Alexandrino Póvoa de Santo Adrião – Odivelas 2010

A todos aqueles que tentaram sem sucesso, que lutaram e fracassaram, mas que nos deram ferramentas para hoje podermos continuar a lutar e a evoluir.

iv

Agradecimentos

U

m trabalho deste género é sempre fruto do esforço individual e colectivo de umgrande número de pessoas, muito para além dos autores. Devemos pois agradecer publicamente a todos os que nos ajudaram e incentivaram ao longo desta jornada, zelando para que nunca nos afastássemos do caminho traçado, e para que nunca desistíssemos ou abandonássemos o nosso projecto. Seria impossível referir todos os que nos apoiaram, no entanto, sentimos necessidade de salientar algumas pessoas einstituições pela forma especial como nos acolheram e pelo tempo que investiram neste trabalho, que, no fundo, também é delas. Devemos pois, um agradecimento especial. . . . . . À Professora Ana Maniés Oliveira, por todos os serões passados em laboratório, por todos os fins-de-semana e férias interrompidos com um sem-número de dúvidas, pelo apoio na redacção deste livro, pelo apoio científico e portoda a dedicação à nossa utopia. Mais do qualquer outro, este é um projecto seu.

. . . Ao Professor Luís Ferreira, pela infinita disponibilidade e paciência que demonstrou ao ensinar-nos repetidamente a utilizar todo o software e hardware necessários à contagem das cianobactérias, através do microscópio óptico digital, necessários à redacção e ao dactilografar profissional de texto, além de todo oapoio e força nos acabamentos e arranjos finais deste livro. . . . À Professora Doutora Conceição Raimundo, da Faculdade de Ciências da Universidade Nova de Lisboa, por nos ter recebido, e por todos os materiais fornecidos e informações disponibilizadas que tanto ajudaram na criação deste livro e montagem do site que o complementa. . . . À Professora Doutora Vanda Brotas, da Faculdade de Ciênciasda Universidade de Lisboa, por nos ter recebido e permitido gravar uma entrevista sobre o tema, pelas informações complementares fornecidas e por todos os materiais facultados. v

. . . Ao Professor Doutor Ricardo de Melo, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, pelas informações prestadas e por ter salientado a importância das condições do meio no crescimento e estabilização dacultura de Microcystis aeruginosa. . . . À Direcção Executiva e Assistentes Operacionais da Escola Secundária de Pedro Alexandrino, nas pessoas da Professora Rosário Ferreira e toda a sua equipa, bem como das Senhoras Dona Glória Barros e Dona Adelaide Broco, por todo o apoio logístico, pelos materiais laboratoriais disponibilizados e pela mente aberta, que nos permitiu manter o laboratório duranteum mês, ininterruptamente, com condições ideais de luz, calor e oxigenação, tão necessárias para o sucesso da actividade experimental. Também por nunca se cansarem de nós, e por, fim de-semana após fim-de-semana, se deslocarem à escola, permitindo-nos a realização da recolha de amostras e a resolução de todos os assuntos de que seria impossível tratar durante a semana. . . . À Direcção da revistaSuperInteressante, na pessoa do Dr. Carlos Madeira, por, apesar de não terem artigos publicados sobre o tema, nos ter indicado diversos locais onde procurar, e efectivamente obter, informação sobre o mesmo. . . . Ao Washington State Department of Health (Departamento de Saúde do Estado de Washington) na pessoa do Dr. Robert Bob Clark, por todo o apoio e materiais fornecidos ao nosso projecto. . . ....
tracking img