Microbiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1550 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MICROBIOLOGIA ( estuda a forma, estrutura, reprodução, fisiologia, metabolismo dos microorganismos. Um processo infeccioso é decorrente de reprodução e nutrição bacterianas no organismo. As infecções oportunistas sucedem de baixa imunidade, que causa um desvio na multiplicação bacteriana.
- Atividade da Flora Normal Intestinal contra patógenos:
* competição por receptores contra patógenos(associada com o peristaltismo);
* competição por nutrientes contra os patógenos;
* produção de substâncias tóxicas contra os patógenos (quando agredida);
* produção de vitamina K e vitamina B12, essenciais ao metabolismo e ao SI;
* manutenção do sistema imune ativo (mais eficiente e em alerta).
Até o 7º/10º dia ( controle das infecções pela F.N.I. e pelo SI
Após 10 dias ( necessidade dereposição das vitaminas K e B12.

Mycobacterium tuberculosis / Saccharomyces cerevisiae / Salmonella
Koch: Bacillus antracis: esporos inertes fora do organismo
Fleming: Penicillium notatum: penicilina (toxicidade para o homem + resistência dos microorganismos).

Coloração de GRAM:
Funciona nas bactérias cuja parede celular contém cerca de 15% de lipídios (aprox. 95% das bactérias). Geralmenteé usada para microorganismos que causam infecções AGUDAS!
Técnica de Gram: consiste no tratamento sucessivo de um esfregaço bacteriano, fixado pelo calor, com os seguintes reagentes:
• cristal violeta (gram I)
• lugol (gram II)
• álcool-cetona diferenciador (gram III)
• fucsina fenicada (gram IV)
Toda bactéria, seja gram positiva ou gram negativa, absorve de maneira idêntica ocristal violeta e o lugol, adquirindo a cor roxa (iodopararosaanilina). Entretanto, ao serem tratadas pelo álcool, apresentam comportamentos diferentes: as gram positivas, devido ao seu espesso peptideoglicano, não se deixam descorar pelo álcool cetona, enquanto as gram negativas (por possuírem fino peptideoglicano) o fazem sem qualquer dificuldade. Assim, as bactérias gram positivas mantêm a corroxa do iodopararosaanilina, e as gram negativas tornam-se descoradas. Ao receber a fucsina, somente as últimas bactérias se deixam corar, adquirindo a cor avermelhada do gram IV.
COCOS são gram + (exceto Neisseria (gonococo e meningococo), Veillonella, Moraxella). Exemplo: Neisseria gonorrhea é um coco gram - .
BACILOS são gram – (exceto Corynebacterium, Bacillus, Clostridium).

Coloração deZIEHL-NEELSEN:
Bacilo Álcool Ácido Resistente – Técnica de BAAR: é utilizada para bactérias com 60-70% de composição lipídica na parede celular. Tais bactérias demoram mais para se dividir e geralmente acarretam infecções crônicas.
1. Fucsina fenicada ( 5 minutos AQUECER para abertura da PC e entrada do corante na célula / 5 minutos SEM AQUECER para fechar a PC;
2. Álcool ácido ( 15segundos; não libera a fucsina fenicada pois tem 60% de lipídeo na PC (não perdendo portanto, a coloração);
3. Azul de metileno ( 1 minuto para contrastar ainda mais a PC.
Elementos estruturais das bactérias
• Parede Celular: função de suporte, proteção, atividade imunológica, controle da troca com o meio externo.
Gram + ( espessura maior e coloração maior. Formada de peptideoglicano +proteínas + ácidos.
Gram - ( espessura menor e coloração menor. Formada de duas camadas: peptideoglicano e a membrana celular (LPS).


• Cápsula: relacionada com a virulência. De natureza polissacarídica, confere resistência a fagocitose (aumenta a patogenicidade). Ex: Streptococcus pneumonea.

• Membrana plasmática: intercâmbio, reprodução, formação celulares.

• Citoplasma:apresenta finas granulações de RNA, glicogênio, gordura, enxofre, ferro, etc.

• Vacúolos: tem função de isolar substancias que podem ser tóxicas. Ex: tuberculose, lepra.

• Mesossomas: mitocôndrias da célula animal ( respiração celular.

• Esporos: atribuem resistência ao calor, à dessecação, à falta de água, à ação de agentes químicos. Ex: Bacillus e Clostridium. Forma...
tracking img