Micoses

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1041 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MICOSES SUPERFICIAIS
Maria Teresa Campos Vieira Comitê de Dermatologia da SOPERJ Hospital Universitário Antônio Pedro Universitário Universidade Federal Fluminense

MICOSES SUPERFICIAIS
• Conceito
Infecções fúngicas da epiderme e anexos Infecções fúngicas (pêlo e unhas)

• Classificação Classificação
Ceratofitoses Dermatofitoses Candidíase muco-cutânea Candidíase muco-cutânea CERATOFITOSES

Infecções causadas por fungos saprófitas Pitiríase versicolor Pitiríase • Etiologia: Malasessia furfur – flora normal da Etiologia: pele; Fungo dimórfico, lipofílico
F. Miceliar F. leveduriforme

Pt. versicolor

↑ Temp., ↑ umidade, imunodepressão, hiperhidrose

CERATOFITOSES

Pitiríase versicolor Pitiríase

• adolescente e adultos jovens tronco ou acastanhadas, com descamaçãofina (sinal Zileri)

• áreas seborreicas: pescoço –

• máculas hipocrômicas, róseas

CERATOFITOSES

Pitiríase versicolor Pitiríase • crianças: face e região das crianças: fraldas; menos descamativas. fraldas; descamativas. • imunocomprometidos: imunocomprometidos: acometimento do folículo folículo pilossebáceo pilossebáceo (foliculite pitirospórica) (foliculite pitirospórica) CERATOFITOSES
Pitiríase versicolor

Diagnóstico: Micológico direto: esporos e pseudohifas Lâmpada de Wood: “amarelo-ouro” Tratamento: Tratamento: Tópico: shampoo de sulfeto de selênio 2,5%, Tópico: Cetoconazol; Cetoconazol; azólicos, terbinafina. azólicos, terbinafina. itraconazol Sistêmico: casos resistentes fluconazol Sistêmico: cetoconazol

CERATOFITOSES
Ceratofitose negra (tinha negra)Stenella aracquata +crianças e mulheres zonas tropicais e subtropicais imidazólicos

Etiologia: Exophialae werneckii

Tratamento: ceratolíticos;

CERATOFITOSES

Piedra preta (Piedrai hortae) Piedra branca (trichosporon beigelli) Zonas tropicais (floresta úmida) Clínica:

Piedra branca: nódulos brancos ou castanhos claros, destacáveis; raramente couro cabeludo.

Piedra preta: nódulos negrosfirmemente fixados ao pêlo; afeta somente o couro cabeludo

CERATOFITOSES

Piedra preta (Piedrai hortae) Piedra branca (Trichosporon beigelli) Diagnóstico: exame direto: P hortae – hifas pigmentad cultura: crescimento lento (sabouraud)

ratamento: Tratamento: cortar os pêlos; antifúngicos tópicos; sh imidazólicos iedra Piedra preta: terbinafina – 6 semanas

DERMATOFITOSES
• ConceitoInfecções fúngicas superficiais dos tecidos Infecções fúngicas cutâneos queratinizados causadas por dermatófitos dermatófitos 3 gêneros: Microsporum, Tricophyton, Microsporum, Tricophyton, Epidermophyton 40 espécies espécies

• Habitat
Antropofílicos – Zoofílicos - Geofílicos Antropofílicos Zoofílicos Geofílicos

DERMATOFITOSES
• Epidemiologia
Crianças: T. capitis Crianças: Adultos:intertriginosas Transmissão: pessoas, animais, objetos Fatores predisponentes

• Patogenia
Produção de ceratinases Produção Clínica: local, espécie, resposta imunológica Clínica: espécie, imunológica

DERMATOFITOSES
• Diagnóstico clínico – topografia da lesão Diagnóstico clínico • Couro cabeludo
Infância: 6 a 10 anos / adulto: rara Variação geográfica Variação geográfica
• BR: SE/S – M. canis, NE– T. tonsurons • África: T. soudanense endêmica África:

Infecção Ectothrix (Microsporum sp) Infecção (Microsporum Infecção Endothrix (Tricophyton sp) Infecção (Tricophyton

T. microspóricas microspóricas

T. tricofíticas tricofíticas

“Placa cinzenta” “Placa cinzenta”

Múltiplas áreas de alopécia Múltiplas áreas alopécia

Diagn. dif.: psoríase, dermatite Diagn. dif.: psoríase,dermatite seborreica, alopécia areata seborreica, alopécia areata

VARIANTES DA INFECÇÃO ENDOTHRIX INFECÇÃO
• “Pontos negros” “Pontos negros”
Difusa, mal delimitada T. tonsurans

• Kerion celsi
Placa ou tumoração inflamatória, dolorosa tumoração inflamatória, Evolução: alopécia cicatricial permanente Evolução: alopécia Diagnóstico diferencial: celulite / antraz Diagnóstico

• Favosa
Rara -...
tracking img