Mexico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1754 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SHORT STUDY – MÉXICO

INFORMAÇÕES GERAIS:
Capital: Cidade do México
População: 113,7 milhões de habitantes (estimativa 2011)
Cidades principais: Cidade do México (aglomerado urbano: 16.908.000 em 1996; cidade: 9.815.795 em 1990);
Guadalajara (1.633.216), Netzahualcóyotl (1.233.868), Puebla (1.122.569), Monterrey (1.088.143), León (1.042.132),
Juárez (1.011.786) (1995)

Composição porsetor (estimativa 2011):

Agricultura: 3,8%
Indústria: 34,2%
Serviços: 62%
Hora local: -2h em relação ao Brasil
Área: 1.953.162 km2
Moeda: Peso Mexicano

1 MXN = 0,07225 USD (17.06.2012)
1

Forma de governo: República presidencialista
Renda per Capita e PIB

A renda per capita do Brasil ultrapassou a do México em 2010, indicam dados do Produto Interno Bruto
(PIB). Conforme informadopelo IBGE, o PIB brasileiro cresceu 7,5% em 2010. Desta forma, o PIB atingiu R$ 3,675
trilhões, ou US$ 2,089 trilhões pelo câmbio médio no ano. O PIB por habitante subiu para R$ 19.016, ou
aproximadamente US$ 10.814.
O PIB do México cresceu 5,5% no ano passado, para 13,88 trilhões de pesos, informou na semana passada o
Instituto Nacional de Estatísticas do país. Em dólares, o PIB mexicanosubiu para US$ 1,56 trilhão, pela taxa média do
câmbio em 2010, ou cerca de US$ 9.812 per capita, no cálculo com dados sobre a população do censo de 2010.
Tabela 1 – Comparação PIB Brasil x México

Fonte: Banco Mundial
RELAÇÕES INTERNACIONAIS:
O México tem uma economia mista de livre mercado e está firmemente estabelecido como um país de renda
média-alta. A Economia do México é, atualmente, a14ª maior do mundo, sendo a segunda economia da América
Latina, atrás apenas do Brasil, e, efetivamente, o 4º país mais rico das Américas, atrás somente dos EUA, do Brasil e
do Canadá.
Em termos de evolução no ranking mundial, segundo fonte do Doing Business, o México subiu uma posição em
sua avaliação em relação a 2011. Umas das principais causas deve-se a diminuição de carga tributária,quanto à
2

simplificação dos tributos. A tabela 2 apresenta a composição e classificação do México em itens que compõem o
ranking comparando os anos entre 2011 e 2012.
O item mais crítico, no qual perdeu nove posições foi a de abertura de empresas. Contudo, existe um esforço
do governo federal em apoiar os municípios na modernização de seus macros regulatórios relacionados à abertura
deempresas.
Tabela 2 – Ranking de Posição Mundial México

Item

Ranking
2012

Ranking
2011

Mudanças no
Ranking

Facilidade de fazer negócios

53

54

-1

Abertura de empresas

75

66

-9

Obtenção de alvarás

43

49

6

Obtenção de eletricidade

142

142

sem alteração

Registro de propriedades

140

140

sem alteração

Obtenção de crédito

40

455

Proteção de investidores

46

44

-2

Pagamento de impostos

109

110

1

Comércio Exterior

59

62

3

Cumprimento de contratos

81

81

sem alteração

Fechamento de empresas

24

23

-1

Fonte: Doing Business – Elaborado: IC Export Plastic
ACORDOS ECONÔMICOS:
Há dois acordos assinados entre Brasil e México:
1) Acordo de Complementação EconômicaN.º 53 (ACE-53)

O ACE 53 determina a eliminação ou redução de tarifas de importação no comércio entre o Brasil e o México,
para 796 posições tarifárias e tem como principal característica a concessão de margens de preferências recíprocas,
ou seja, benefícios tarifários iguais para os dois países nos mesmos produtos.
Os setores que tiveram maiores quantidades de produtos negociados foram:indústrias químicas e conexas
(255 produtos); máquinas, aparelhos e material elétrico (102 produtos); indústrias alimentares de bebida e fumo (90
produtos); plásticos e borracha (82 produtos); produtos do reino vegetal (51 produtos) e instrumentos e aparelhos
de ótica e fotografia (39 produtos).
Para verificar a lista desses produtos, acesse o link “1” que está disponível em links úteis.

3...
tracking img