Meus trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1423 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho sobre Roma.

Introdução

Esse trabalho tem como objetivo, mostrar todo o período da história de Roma, ou seja, falar sobre a política, o império, a religião dentre outras coisas.

Os períodos da História de Roma
Realeza ou Monarquia (753 a 509 a.C)

Período marcado pela influência dos etruscos e gregos. Durante a Monarquia, a sociedade já se dividia em grandes grupossociais: patrícios, clientes, plebeus e escravos. Esses grupos determinariam as principais lutas de classes da história de Roma
Os patrícios eram os grandes proprietários de terras. Na qualidade de cidadãos romanos, desfrutavam de direitos políticos.
Os plebeus (Comerciantes, artesãos, camponeses) não faziam parte do povo romano; eram vindos; sobretudo, de regiões conquistadas pelos romanos. Eramlivres, mas não tinham direitos de cidadãos.
Clientes: quando um plebeu recebia favores de um patrício (dinheiro, sementes, terras) acabava se tornando um cliente, isto é, prestava serviços.
Escravos, pessoas escravizadas devido à guerra e dívidas. O poder econômico dos patrícios cresceu no período monárquico, participavam de Senado. Resolveram dar um golpe de Estado e tomaram o poder. Oúltimo rei, Tarquínio, é expulso da cidade pela ação de patrícios e plebeus. Inicia-se a República.
República (509 a 27 a.C)

Roma desenvolveu suas instituições sociais e econômicas e expandiu seu território. Toma-se uma das maiores civilizações do mundo antigo.
Os patrícios organizaram uma eficiente organização administrativa, para que sua classe social desfrutasse ao máximo dos privilégiosdo poder. O senado romano passava a governar a cidade. Eram os magistrados (executores das decisões do senado) que comandavam o exercito, julgavam os crimes , vigiavam os costumes públicos, convocavam o Senado, cobravam impostos etc.
Embora numerosos, os plebeus não tinham o direito de participar das decisões políticas, mas eram indispensáveis ao exército romano.
Conscientes do seu poder,exigiram e conquistaram direitos.
Entre as instituições políticas da república, destacam-se:
* Os Tribunos da Plebe – eram magistrados com poderes especiais de vetar a aprovação de quaisquer decisões (do Senado, dos magistrados ou das Assembléias) que prejudicassem os interesses diretos da plebe;
* A lei das doze Tábuas – leis escritas, válidas para patrícios e plebeus;
* Eleiçõesdos magistrados – gradativamente, os plebeus conseguiram ter acesso às mais diversas magistraturas. Terminado o mandato de cônsul, podiam ingressar no senado.
A necessidade de ampliar suas terras e obter mais escravos levou os romanos e empreender conquistas militares. Roma consagrou-se como o maior império do mundo antigo.

Expansão de Roma e as guerras púnicas

Os primeiros passos dessaexpansão consistiram no domínio romano de toda Itália. Mais tarde, teve inicio a guerra de Roma contra Cartago era chamada pelos romanos de ‘’punir’’ (fenício), derivando o adjetivo púnico.
As guerras com Cartago são chamadas de guerras Púnicas, que duraram de 264 a 146 a.C .
Depois de duras e longas batalhas, os romanos conseguiram dominar Cartago. Abre-se, dessa forma, o caminho para adominação de Roma em diversas regiões só mundo antigo. O mar Mediterrâneo passou a ser inteiramente controlado pelos romanos.
As conquistas dos militares trouxeram a Roma:
* Cultura, principalmente a grega, que embora vencida militarmente, conquistou o povo romano vencedor espalhando entre eles sua cultura;
* Sociedade – obrigados a servir no exército romano, muitos plebeus regressaram àItália, e empobrecidos tiveram que vender suas pequenas propriedades. Inúmeros camponeses plebeus emigraram para a cidade, engrossando o número de pobres e famintos. Os ricos nobres romanos tornaram-se donos de grandes extensões de terras. A tensão social nas grandes cidades romanas aumentava dia a dia, pois os patrícios não queriam abrir mão do poder.
O exército, representado pelos altos...
tracking img