Meu trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1358 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]





































DESENVOLVIMENTond



















































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4

3 CONCLUSÃO 7

REFERÊNCIAS 8






INTRODUÇÃO

Levar os estudantes de Gestão Hospitalar a conhecer e aprofundar seus conhecimentos nas aréas administrativas e um dos grandes exemplos é a Histórias de Sucesso-Minha Terra temPalmeiras.


Em um pequeno município do Maranhão, chamado Lago do Junco, onde o uso de plantas para cura de doenças tem sido uma prática quase tão antiga quanto a existência do homem, esse costume era passado de mãe para filhos, e essa prática se dava tanto em razão da falta de recursos da comunidade para adquirir remédios quanto da ausência de um posto médico onde as pessoas pudessem seratendidas.


No município de Lago do Junco, essa prática do uso de plantas diferenciou-se, em virtude de a comunidade tê-la transformado em uma forma de melhorar sua qualidade de vida, por meio da implantação do Horto e da Farmácia Fitoterápica, que foi resultado do Fórum de Desenvolvimento Local, em 1999, e que teve como principais parceiros a Prefeitura Municipal, a Paróquia São José e as liderançaslocais. Lago do Junco, um pequeno município maranhense, foi fundado em 1961, pertence à região dos cocais-microrregião do Médio Mearim-, está situado a 315 km da capital, São Luís. Sua vegetação predominante sempre foi a palmeira de babaçu, planta que outrora estendia-se por toda a região dos cocais. A extração do fruto dessa palmeira, o babaçu, representava para uma parcela considerável dapopulação rural umas das poucas fontes de renda. Da palmeira do babaçu, produziam-se telhado, óleo, sabonete, esteira, cesto, abanador, carvão para fazer o fogo, além de alimentos com propriedades medicinais: bom como antinflamatório, bom para o estômago.



As quebradeiras de coco de Lago do Junco, como todas as outras espalhadas pelo Maranhão, Piauí, Pará e Tocantins, sempre foram guerreiras que lutavampelo direito de trabalhem. Outra conquista dessas guerreiras foi a criação da Cooperativa de Quebradeiras de Coco de Ludovico (povoado de Lago do Junco), onde elas produziam artesanalmente sabonete e extraíam o óleo do babaçu. Passaram a vender para a indústria de cosméticos Body Shop, com lojas no mundo inteiro. A indústria Body Shop pagava para as quebradeiras do Maranhão o dobro do preço demercado pelo litro do óleo de babaçu. No município, existia somente o curso profissionalizante de Magistério, havendo a necessidade da criação de novos cursos, já que este curso não atendia a todas as necessidades e ao interesse dos alunos.


Em 1999, o governo federal por meio do Programa Comunidade Ativa em parceria com o Sebrae implantou no município uma das cinco experiências-piloto deDesenvolvimento Local, Integrado e Sustentável (DLIS) no Maranhão. O DLIS procurou valorizar a participação comunitária e estimulou o comprometimento dos moradores locais com a questão do desenvolvimento e, a partir desse despertar, buscou desenvolver lideranças capazes de dar sustentação a ações que visassem à promoção do desenvolvimento. Como resultado dessa experiência, formou-se o Fórum deDesenvolvimento Local em Lago do Junco, tendo como principais parceiros a Prefeitura Municipal, a Arquidiocese e as lideranças locais.


A partir desse primeiro momento, as ações existentes partiram da própria comunidade, por meio do Fórum, que organizada, passou a dividir as tarefas, agir, articular-se, firmando parcerias e desenvolvendo atividades econômicas sustentáveis, capazes de responder pelamelhoria da qualidade de vida, que era compartilhada por todos. Para Ildo Lopes, líder dos trabalhadores rurais, a grande conquista foi a participação da comunidade.



“Lago do Junco já pode mostrar como se faz um processo de desenvolvimento local sustentável. Hoje, temos um marco para o nosso desenvolvimento que é diagnóstico do município.”(Edimar Nascimento, consultor do Sebrae)




O...
tracking img