Meu rabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2532 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A PERSONALIDADE

Personalidade e constituída por vários elementos; dentre eles a genética, que não está limitada sua estrutura física, ou mental, mas também a sua maneira como individuo se relacionar com o mundo como um todo.
“A personalidade é aorganização dinâmica dos traços no interior do EU, formados a parti dos genes particulares que herdamos, das existências singulares que experimentamos e das percepções individuais que temos do mundo, capazes de tornar cada individuo único em sua maneira de ser, de sentir e de desempenhar o seu papel social”
Apesar do ser humano, ser único e inimitável possuímos elementos comuns, as pessoas em sim, temcaracterísticas universais como, por exemplo, a angustia a ambição, o amor, o ódio, o ciúme, dentre outras, porem essas características em cada u reage de maneira singular.
“Pode se afirma que os seres humanos são essencialmente iguais, diante da essência humana, entre tanto, funcionamos diferentemente.” Cada ser dispõe de uma personalidade peculiar, e apenas manifestam em comum uma tonalidade afetivadepressiva com sua conseqüência apresentação social introvertida.
A TEORIA DE ALFRED ADLER
Ele sugeriu que em cada indivíduo certos órgãos são mais fracos que outros de algum modo, e isso tornaria a pessoa mais suscetível à doenças envolvendo tais órgãos mais frágeis.
Ele criou o termo "complexo de inferioridade" e afirmava que todas as crianças são profundamente afetadas por um sentimento deinferioridade, conseqüência inevitável do tamanho da criança e de sua falta de poder.
Um forte sentimento de inferioridade, ou um complexo de inferioridade, impediria o crescimento e desenvolvimento positivos. Entretanto, sentimentos de inferioridade mais moderados podem motivar os indivíduos para realizações construtivas A criança aprende então a dar um valor excessivo ao tamanho, atributo quepossibilita a pessoa abrir uma porta, ou à força, a qual habilita a transportar objetos pesados, ou ao direito de dar ordens e exigir obediência. Esses sentimentos despertam na criança um desejo de crescer, de ficar tão forte como os outros, ou mesmo mais forte ainda.
Adler considerava o objetivo de dominar o meio ambiente como sendo muito abstrato para satisfazer a necessidade de uma direção devida. O objetivo de vida de cada indivíduo é influenciado por expediências pessoais, valores, atitudes e personalidade. Não é um alvo claro e conscientemente escolhido. Enquanto adultos, podemos ter razões definidas e lógicas para a escolha de nossa profissão.
O corpo é a maior fonte de sentimentos de inferioridade na criança, rodeada que está por aqueles maiores e mais fortes ou que fisicamenteatuam de forma mais efetiva. Adler também salientava que o mais importante é nossa atitude em relação ao nosso corpo. Muitos homens e mulheres atraentes nunca resolveram sentimentos de feiúra e não-aceitação que sentiram na infância, continuam se comportando como se não tivessem atrativos depois de adultos. Por outro lado, através da compensação, pode ocorrer que os que têm deficiências físicaslutem firmemente e desenvolvam seus corpos além da média.
Quando predominam sentimentos de inferioridade ou quando o interesse social é subdesenvolvido, os indivíduos tendem a buscar superioridade pessoal, pois lhes falta confiança em sua habilidade para atuar efetivamente e trabalhar de forma construtiva com outros.
Tais indivíduos não dão contribuições de real valor para a sociedade e tornam-sefixados em modelos de comportamento autocentrados, levando inevitavelmente a um sentimento de fracasso. Essas pessoas se desviaram dos problemas reais da vida e estão engajadas na luta com a própria sombra para reassegurarem-se de sua força.

A TEORIA DE WILLIAN JAMES

William James escreveu sobre todos os aspectos da psicologia humana, do funcionamento cerebral até o êxtase religioso, da...
tracking img