Metrologia tolerância geométrica.pdf

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6827 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
3. Desvios e Tolerâncias Geométricas

- 45 -

3. DESVIOS E TOLERÂNCIAS GEOMÉTRICAS 3.1 Introdução Em muitas aplicações as tolerâncias dimensionais são insuficientes para se determinar exatamente como deve estar a peça depois de pronta para evitar trabalhos posteriores. Uma comparação entre a peça real fabricada e a peça ideal especificada pelo projeto e mostrada no desenho mostra que existemdiferenças. Ou seja, durante a fabricação de peças pelas máquinas-ferramenta, surgem desvios (ou erros) provocando alterações na peça real. Causas dos desvios geométricos: • Tensões residuais internas; • Falta de rigidez do equipamento e/ou de um dispositivo de usinagem; • Perda de gume cortante de uma ferramenta; • Forças excessivas provocadas pelo processo de fabricação (Ex.: Entre pontas de umtorno). • Velocidade de corte não adequada para remoção de material; • Variação de dureza da peça ao longo do plano de usinagem e • Suportes não adequados para ferramentas. Tais desvios devem ser limitados e enquadrados em tolerâncias, de tal forma a não prejudicar o funcionamento do conjunto.

Portanto, o projeto de uma peça deve prever, além das tolerâncias dimensionais, as chamadastolerâncias geométricas, a fim de se obter a melhor qualidade funcional possível. Desvio Geométricos ⇒ São desvios de forma e posição: É um erro do processo de
fabricação;

Tolerâncias Geométricas ⇒ São as variações permissíveis do erro, ou seja, são os
limites dentro do qual os desvio (ou erro) de forma e posição devem estar compreendidos.

3. Desvios e Tolerâncias Geométricas

- 46 Desviosmacrogeométricos e desvios

Classificação

dos

desvios

geométricos:

microgeométricos (Rugosidades de superfícies). Os desvios macrogeométricos são definidos pela norma ABNT NBR 6409. A norma DIN 7184 e ISO R-1101 também apresentam os conceitos relativos a desvios e tolerâncias geométricas. 3.2 Necessidades e Consequências das Tolerâncias Geométricas Na maioria dos casos as peças sãocompostas de corpos geométricos ligados entre si por superfícies de formato simples, tais como planos, superfícies planas, cilíndricas ou cônicas.

Desvios de Forma: É o grau de variação das superfícies reais com relação aos sólidos
geométricos que os definem. Microgeométricos: Rugosidade superficial; Macrogeométricos: Retilineidade, circularidade, cilindricidade, planicidade.

Desvios de Posição: Éo grau de variação dentre as diversas superfícies reais entre
si, com relação ao seu posicionamento teórico. Orientação para dois elementos associados: Desvios angulares, paralelismos e perpendicularidade. Posição para dois elementos associados: Desvios de localização, simetria, concentricidade e coaxilidade. São definidos para elementos associados.

Desvios Compostos: São os devios compostosde forma e posição.
Desvios de batida radial e axial; Desvios de verdadeira posição. Condições onde será necessário indicar as tolerâncias de forma e posição: • Em peças para as quais a exatidão de forma requerida não seja garantida com os meios normais de fabricação;

3. Desvios e Tolerâncias Geométricas

- 47 -

• Em peças onde deve haver coincidência bastante aproximada entre assuperfícies. As tolerâncias de forma devem ser menores ou iguais às tolerâncias dimensionais; • Em peças onde além do controle dimensional, seja tambem necessário o controle de forma para garantir a montagem sem interferências. Exemplo: Montagem seriada de caixas de engrenagens onde o erro de excentricidade e paralelismo podem influir no desempenho do conjunto.

As tolerâncias geométricas não devem serindicadas a menos que sejam indispensáveis para assegurar a funcionabilidade do conjunto.

3. Desvios e Tolerâncias Geométricas

- 48 -

3.2.1 Simbologia A tabela 3.1 mostra os erros geométricos e respectivos símbolos a serem usados no desenho das peças. Tab. 3.1: Símbologia de desvios geométricos Características Retilineidade Planicidade (planeza) Circularidade FORMA PARA ELEMENTOS...
tracking img