Metodos e tecnicas de pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5162 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Orientações Básicas para a Pesquisa Regina Maria Giffoni Marsiglia

Orientações Básicas para a Pesquisa
Por Regina Maria Giffoni Marsiglia (PUCSP/FCMSCSP)

1. Prática Profissional e Pesquisa
A teoria é um conhecimento organizado, sedimentado, que muito embora tenha partido da realidade concreta, passou por um complexo processo de sucessivas abstrações, que ao mesmo tempo o faz distanciar-sedo concreto imediato e poder explicar uma realidade mais ampla, concentrando-se em apontar os elementos essenciais de um objeto construído nesse processo de generalização e abstração. A pesquisa é uma das formas de se produzir conhecimento, que foi se estruturando com o tempo, criando seus objetos e métodos, definindo as relações que os pesquisadores devem estabelecer com seus objetos deconhecimento, em um processo de discussão profundo e polêmico entre os cientistas. Mas a prática profissional representa uma das possibilidades de se produzir conhecimento também. Alguns preferem denominar esta produção como um tipo de saber, e na pós-graduação de algumas áreas mais profissionalizadas, como é o caso do Serviço Social, tem-se valorizado o saber que se origina do fazer profissional. O que épesquisar para nós? Achamos que a pesquisa e a produção de conhecimento só podem ser desenvolvidas na Universidade ou nas Instituições de Pesquisas? Ou só por pesquisadores reconhecidos pela sociedade como tal? Há pesquisas que contribuem para o avanço do conhecimento teórico ou que contestam teorias estabelecidas. É muito freqüente, na pós-graduação e em bancas, argüidores perguntarem: o queesse trabalho trouxe de contribuição para a teoria? Quer dizer, que novo conhecimento foi produzido? Confirmou as teorias existentes? Aponta novos caminhos para a pesquisa? Diante disso, pode se restringir a noção de pesquisa com a pesquisa teórica e acadêmica, bem como o lócus de produção do conhecimento na universidade. E muitos
Serviço Social e Saúde: Formação e Trabalho Profissional 1 Orientações Básicas para a Pesquisa Regina Maria Giffoni Marsiglia

chegam a pensar que se não estão na universidade, não estão produzindo conhecimento, e, não podem ou não têm condições de pesquisar. É certo que o desenvolvimento da pós-graduação e o apoio das agências de fomento, como o CNPq, a Capes, a FINEP, e agências estaduais, no caso do Brasil, permitiram o desenvolvimento da pesquisa no país,bem como a constituição de grupos de pesquisadores e instituições de pesquisa que hoje podem ser consideradas como “ilhas de excelência” reconhecidas internamente e algumas até internacionalmente. Esse apoio que se prolonga por quase quatro décadas, foi fundamental para o desenvolvimento de todas as áreas do conhecimento e para o desenvolvimento dos Programas de Pós–Graduação, inclusive noServiço Social. No entanto, essa não é a única forma de produzir conhecimento, e nem a universidade e os institutos de pesquisa são os únicos “lugares” para se desenvolver pesquisas. Há outras formas, e dentre elas, devemos destacar a pesquisa em serviços, que necessariamente, não está produzindo um novo conhecimento teórico, que muitas vezes não é valorizada pela academia, nem passa pelas provas que aacademia considera legítimas, mas que é uma pesquisa realizada na pratica e no cotidiano de muitas instituições e serviços. Não podemos esquecer que o Serviço Social é uma profissão, e que na essência, somos profissionais embora também pesquisadores e formadores. Esta é uma questão muito importante para pensarmos a pesquisa no Serviço Social, pois é fundamental para o seu desenvolvimento que hajauma reflexão contínua sobre sua prática, como uma forma de produzir conhecimento, tão importante quanto à pesquisa acadêmica. Na área social, pesquisas de tipo exploratório têm trazido contribuições muito importantes para a compreensão de questões novas que estão sendo percebidas na realidade concreta, denominados de “temas emergentes”. A pesquisa exploratória permite uma aproximação de...
tracking img