Metodos contraceptivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2494 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MÉTODOS CONTRACEPTIVOS


São maneiras, medicamentos, cirurgias e objetos usados para evitar a gravidez. Existem métodos femininos e masculinos.
A atuação dos profissionais de saúde na assistência à anticoncepção envolve, necessariamente, três tipos de atividades: Atividades educativas, Aconselhamento e
Atividades clínicas.
Durante a escolha dos métodos deve-se observam algumascaracterísticas, tais como: Eficácia, Efeitos secundários, Aceitabilidade, Disponibilidade, Facilidade de uso, Reversibilidade, Proteção à Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e infecção pelo HIV.

Os métodos considerados reversíveis são aqueles que após interromper seu uso a mulher volta a ter a capacidade de engravidar. A ligadura de trompas uterinas e a vasectomia são considerados irreversíveis, porqueapós utilizá-los, é muito difícil recuperar a capacidade de engravidar. Por isso, para optarem por estes meios o casal precisa estar seguro de que não querem mais ter filhos.
A escolha deve ser livre e informada. É importante procurar um serviço de saúde para receber informações sobre os métodos anticoncepcionais disponíveis e para obter o método escolhido. Estar bem informado é fundamental parase fazer a melhor escolha.
Não existe um método melhor que o outro, cada um tem vantagens e desvantagens. Assim como também não existe um método 100% eficaz, todos têm uma probabilidade de falha. Dessa forma, um método pode ser adequado para uma pessoa e não ser para outra, por isso a pessoa deve procurar escolher o método mais adequado para si.


Anticoncepção na adolescência
De maneirageral, os adolescentes podem usar a maioria dos métodos anticoncepcionais disponíveis. No entanto, alguns métodos são mais adequados que outros nessa fase da vida.
A camisinha masculina ou feminina deve ser usada em todas as relações sexuais, independentemente do uso de outro método anticoncepcional, pois a camisinha é o único método que oferece dupla proteção, ou seja, protege ao mesmo tempo dasdoenças sexualmente transmissíveis, Aids e da gravidez não desejada.
Os métodos da tabela, do muco cervical e da temperatura basal são pouco recomendados, porque exigem do adolescente disciplina e planejamento e as relações sexuais nessa fase, em geral, não são planejadas.
As pílulas combinadas e a injeção mensal podem ser usadas na adolescência, desde a primeira menstruação. A minipílula e ainjeção trimestral não devem ser usadas antes dos 16 anos.
O DIU pode ser usado pelas adolescentes, entretanto as que nunca tiveram filhos correm mais risco de expulsá-lo. Não é indicado para as adolescentes que têm mais de um parceiro sexual ou cujos parceiros têm outros parceiros/parceiras e não usam camisinha em todas as relações sexuais, pois, nessas situações, existe risco maior de contrairdoenças sexualmente transmissíveis. A ligadura das trompas e a vasectomia não são indicados nesta fase.

PÍLULAS:
São feitas de hormônios parecidos com os hormônios produzidos pelos ovários da mulher, o estrogênio e a progesterona.
São muito eficazes quando usadas corretamente. Agem impedindo a ovulação e atuam dificultando a passagem dos espermatozóides para o interior do útero. Existem diferentestipos de acordo com os hormônios que elas contêm: as combinadas (que contêm estrogênio + progesterona) e as minipílulas (que contêm só progesterona).
A pílula deve ser tomada todos os dias, de preferência no mesmo horário. Não há necessidade de fazer “pausas” para descanso, porque as mesmas não ficam acumuladas no organismo. A fertilidade da mulher, ou seja a capacidade de engravidar, retornalogo após ela ter parado de tomar a pílula.
Quando se faz o uso deste método pode haver diminuição do fluxo menstrual, pois o organismo feminino precisa de um tempo para se adaptar. Deste modo, a mulher não deve interromper o uso se ocorrerem sintomas como enjôos, vômitos, sangramento ou manchas de sangue entre as menstruações, amenorréia, aumento de peso, dor de cabeça leve, tonteira, dor...
tracking img