Metodologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6837 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
CENTRO DE EDUCAÇÃO
CURSO DE PEDAGOGIA NOTURNO

PROJETO DE PESQUISA

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: A FORMAÇÃO DO PROCESSO PRÁTICO – EDUCATIVO E SUA IMPORTÂNCIA NO ENSINO APRENDIZAGEM.

COORDENADORA:
Professora Odete Magalhães de Camargo

Santa Maria, RS, Brasil
2010
SUMÁRIO:

1. INTRODUÇÃO
2. OBJETIVOS
3. REFERENCIAL TEÓRICO
3.1 Históricoda Alfabetização Brasileira
3.2 História da Educação de Jovens e Adultos
3.3 O Ensino-Aprendizagem de Jovens e Adultos no Brasil
3.4 A Andragogia e suas implicações no ensino de adultos
3.5 A Formação Ética e a Educação de Jovens e Adultos
3.6 A Formação Política da Eja
4. METODOLOGIA
5. CRONOGRAMA
6. BIBLIOGRAFIA

1. INTRODUÇÃO

Constitui nosso interesseneste trabalho abordar A Formação do Processo-Prático Educativo e sua importância no ensino-aprendizagem de Jovens e Adultos como forma de compreender teórica e empiricamente as metodologias e recursos didáticos utilizados na EJA, visando a atender o princípio da adequação destes à realidade cultural e subjetiva dos jovens e adultos. Atendendo esse princípio, as propostas metodológicas da EJA devemser diferenciadas das turmas de 1 série nível 1 e nível 2 do 1º segmento do Ensino Fundamental, considerando que os jovens e adultos têm uma realidade cultural e um nível de subjetividade bastante diferentes em relação às crianças, sendo necessária, então, a adequação das metodologias empregadas nessa modalidade de ensino. Este trabalho tem ainda, afinalidade em contribuir para um repensar do educador atuante nas classes de EJA, fazendo o mesmo refletir sobre sua prática pedagógica, especialmente como formador de cidadãos cônscios de seu papel na sociedade. Também pretende, na medida em que analisa profundamente o material utilizado, servir de subsídio a um repensar dessa escolha, relacionando-a aos objetivos da EJA previstos na legislação eno pensamento pedagógico vigente. Buscando estabelecer relações entre as questões teórico-filosóficas e a prática pedagógica, procura-se elencar alguns aspectos que se julgam necessários no processo de construção do conhecimento, na perspectiva de uma educação libertadora.A aprendizagem resulta da interação entre as estruturas do pensamento e o contexto social, num processo de construção e reconstrução pela ação do sujeito sobre o objeto a ser conhecido. Para ocorrer a aprendizagem seria necessário o enfrentamento de situações desafiadoras que propiciem aoaluno chegar a patamares mais elaborados de conhecimento, necessitando da intervenção de outros sujeitos. Nesse sentido, verificamos que a construção do conhecimento não acontece de maneira linear, constituindo-se em importantes etapas deste processo os momentos de dúvidas e os erros cometidos desde que utilizados para se chegar à sistemática produtiva de estágios superiores de desenvolvimento.O conhecimento é adquirido através da interação social. Ele é constituído a partir da relação do indivíduo com o meio social, considerando as experiências de vida, os valores, as crenças, ou seja, a cultura do alfabetizando. O aspecto social da aprendizagem diz respeito aos valores e aspiraçõescoletivas, bem como a dimensão política da educação. A intervenção pedagógica pode ter um amplo alcance, requerendo responsabilidade e compromisso por parte dos educadores. Para Paulo Freire educar é um ato político, é um ato de criação e recriação, sendo, portanto, impossível falar em educação neutra. O diálogo aparece como fundamento da construção do sujeito, como mecanismo de compreensão da...
tracking img