Metodologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1311 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ASSIS GURGACZ
DOUGLAS GONÇALVES DA SILVA

TRABALHO

CASCAVEL
2012

FACULDADE ASSIS GURGACZ
DOUGLAS GONÇALVES DA SILVA

AULA PRATICA
Aula pratica para treinar
a formatação de trabalhos
da disciplina de metodologia
Cientifica do curso de Engenharia Elétrica
da Faculdade Assis Gurgacz

Professor Orientador:
Marlise Ap. dos Santos

CASCAVEL
2012

1 INTRODUÇÃO

Aredução da mortalidade está aliada à melhoria da qualidade de vida através da (TRH) Terapia de Reposição Hormonal na menopausa, no que surge o interesse ao estudo do aumento do risco do câncer nas mulheres submetidas à este tratamento. Através da condução desta pesquisa podemos relatar perspectivas para orientar o futuro e as decisões quanto à rotina e introdução da TRH e ao cuidado quanto aproliferação de células cancerígenas.
A realização desta pesquisa têm grande importância para comunidade científica, e para própria comunidade em si pois poderá auxiliar na observação de fatores fisiológicos que tentam explicar o crescimento das células cancerígenas no organismo. De fato pode auxiliar na verificação e a detecção de proteínas mediadas pelos efeitos do estrogênio e da progesterona tantono epitélio mamário quanto distribuídos em outros tecidos, pois estes fatores podem estar ligados ao desenvolvimento do câncer. Este projeto mostra a importância da pesquisa para benefícios em especial para comunidade acadêmica sobretudo proporcionando conhecimento na área da genética podendo então argumentar o fundamento abrangente desta doença.

2 INDICAÇÕES DO CANCER

Segundo, Oliveira eAldrighi (2006) câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se por (metástase) para outras regiões do corpo. Dividindo-se rapidamente, estas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores e o acúmulo de células cancerosas ouneoplasias malignas. Por outro lado, um tumor benigno significa simplesmente uma massa localizada de células que se multiplicam vagarosamente e se assemelham ao seu tecido original, raramente constituindo um risco de vida.
O autor ainda cita que os diferentes tipos de câncer correspondem aos vários tipos de células do corpo, se o câncer tem início em tecidos epiteliais como pele ou mucosas ele édenominado carcinoma, se começa em tecidos conjuntivos como osso, músculo ou cartilagem é chamado de sarcoma.
Outras características que diferenciam os diversos tipos de câncer entre si são a velocidade de multiplicação das células e a capacidade de invadir tecidos e órgãos vizinhos, ou órgãos distantes.

2.1 Câncer de ovário

O câncer de ovário é o câncer ginecológico mais difícil de serdiagnosticado, cerca de 3/4 dos tumores malignos de ovário apresentam-se em estágio avançado no momento do diagnóstico inicial. É o câncer ginecológico de maior letalidade, embora seja menos freqüente que o câncer de colo do útero. De fato os fatores hormonais, ambientais e genéticos estão relacionados com o aparecimento do câncer de ovário. Cerca de 90% dos cânceres de ovário são esporádicos, isto é,não apresentam fator de risco reconhecido e cerca de 10% apresentam um componente genético ou familiar, sendo que a história familiar é o fator de risco isolado mais importante (OLIVEIRA e ALDRIGHI, 2006).
2.1.1 Apresentação de cisto
A presença de cistos no ovário, bastante comum entre as mulheres, não deve ser motivo para pânico. O perigo só existe quando eles são maiores que 10cm e possuemáreas sólidas e líquidas. Nesse caso, quando detectado o cisto, a cirurgia é o tratamento indicado.
As mulheres devem estar atentas aos fatores de risco e consultar regularmente o médico, principalmente as mulheres acima de 50 anos. O chamado exame preventivo ginecológico não detecta o câncer de ovário, já que é o exame específico para detectar o câncer do colo do útero.
2.1.2 Terapias...
tracking img