Metodologia estradas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 114 (28326 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DNIT
MANUAL DE CUSTOS DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES
VOLUME 1 METODOLOGIA E CONCEITOS

SICRO 3
SISTEMA DE CUSTOS REFERENCIAIS DE OBRAS (PROJETO SINCTRAN)

2008
MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES – DNIT

1

Introdução

1.1 - Objetivo O SINCTRAN visa a oferecer ao DNIT e às demais esferas governamentais e privadas envolvidas com aquestão, um padrão nacional de referência de custos dos diferentes componentes da infra-estrutura de transportes nos modais rodoviário,ferroviário e aquaviário, bem como suas intermodalidades, de modo a facultar sua correta valoração, através de procedimentos racionais e cientificamente fundamentados. 1.2 - Metodologia O presente manual define uma nova metodologia para a elaboração de composiçõesde custos, com a finalidade de unificar práticas correntes na área rodoviária como as que se utilizam dos demais modais de transporte e no setor de construção civil de edificações. 1.2.1 - Conceitos Gerais No trato das questões relativas a custos de obras de infra-estrutura de transportes, é recomendável que se definam, desde logo, alguns conceitos que foram incorporados à terminologia do setor, afim de que o uso de determinados termos se faça sem ambigüidades. Tais conceitos são: Preço da Obra - Os preços das obras e serviços de infra-estrutura de transportes podem ser determinados de várias formas. Em princípio, este é estabelecido com base nos custos de produção, aos quais o executor acrescenta as margens beneficiárias que pretende obter. No entanto, como parâmetro comercial, o preçotambém é função de quanto o contratante está disposto a pagar e, no final, será fruto de acordo negociado entre as partes. O executor procura maximizar o seu lucro e o contratante minimizar o valor a ser pago. Custo – o custo de uma obra é constituído pelo somatório dos valores dos insumos mão-de-obra, equipamentos e materiais - empregados em sua execução, dos custos indiretos incorridos. Os custosde execução ou de produção são parâmetros técnicos e podem ser obtidos de forma racional, isto é, através de seqüência lógica de operações, conhecendo-se os serviços que compõem a execução da obra, suas respectivas quantidades, bem como as quantidades de insumos necessários para a produção de cada unidade de serviço. Custos Unitários dos Serviços - são aqueles necessários à execução de uma únicaunidade de serviço. O produto do Custo Unitário de um serviço pela quantidade deste a ser realizada, resultará no custo total do item de serviço. O somatório dos custos de todos os itens de serviço conduzirá ao custo total da obra. O valor do custo unitário é obtido mediante a elaboração de sua respectiva composição, em que se relacionam todos os insumos que dele participam, bem como suasrespectivas quantidades necessárias para a produção de uma unidade de serviço.

2

Custo de Referência – São custos unitários compostos de forma genérica, com base em pesquisas regionais de preços de insumos. Não levam em conta nenhum aspecto peculiar de qualquer obra em particular, atendo-se tão somente a condições regionais. São utilizados, como seu próprio nome indica, para a elaboração de tabelase orçamentos de referência, como balizadores de preços de licitações. Custo para Orçamento – São custos unitários compostos para orçar uma obra específica. Levam em conta, portanto, todas as condições locais particulares que possam afetar o valor da obra em questão. Entende-se por insumos os materiais, os equipamentos e a mão-de-obra que entram nas composições de cada serviço. Por utilizarquantidades de insumos necessários à produção de uma unidade de serviço, este procedimento é conhecido como Composição Unitária. É a forma de compor custos utilizada pelo SINCTRAN. Outra forma de proceder, que chega aos mesmos resultados, é através da produção horária de determinada equipe. Este procedimento é conhecido como Composição Horária, que foi a sistemática usada no SICRO2. a. Custos Diretos e...
tracking img