Metodologia da pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1199 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
OBSERVAÇÃO
É uma técnica de coleta de dados, que não consiste em apenas ver ou ouvir, mas também em examinar fatos ou fenômenos que se desejam estudar. É um elemento básico de investigação científica, utilizado na pesquisa de campo como abordagem qualitativa.

Ajuda o pesquisador a identificar e a obter provas a respeito de objetivos sobre os quais os indivíduos não têm consciência, mas queorientam seu comportamento. Obriga o pesquisador a um contato mais direto com a realidade.

Com esta técnica devem ficar claro o grau de participação do observador e a duração das observações. Para isso, é preciso planejar O QUE e COMO observar.

Uma observação é considerada científica quando:
• É sistematicamente planejada
• É registrada metodicamente e está relacionada aproposições mais gerais, em vez de ser apresentada como uma série de curiosidades interessantes.
• É sujeita a verificação e controles de validade e precisão
• Serve a um objetivo formulado de pesquisa
• Os fatos são percebidos diretamente, reduzindo a subjetividade.

O REGISTRO DAS OBSERVAÇÕES
Toda observação deve ser registrada, o difícil é saber quando, como e onde fazeras anotações. Vale ressaltar que quanto mais próximo do momento da observação, maior sua acuidade. E a forma de registro estará diretamente relacionada com o papel do pesquisador em relação ao grupo observado.

Durante o registro é importante deixar bem visível as diferentes informações:
as falas, as citações e as observações pessoais. Uma boa dica é mudar de parágrafo a cada nova situação.Em relação ao material de registro, este dependerá do estilo de cada pesquisador. Podem ser usados: papel de tamanho pequeno, fichário, folhas avulsas ou um material que mantenha junto todo o conjunto de observações para fazer consultas às informações já obtidas sempre que necessário.Toda observação deve conter uma parte descritiva e uma parte reflexiva.

Descritiva
• descrição dossujeitos - aparência, modo de agir, de falar.
• reconstrução de diálogos - gestos, depoimentos, frases.
• descrição de locais - o ambiente, espaço físico.
• descrição de eventos especiais - o que ocorrem e como foi
• descrição das atividades - atividades gerais e comportamentos
• comportamentos do observador - suas ações e atitudes, conversas.
Reflexiva
São asobservações pessoais, suas especulações, sentimentos, problemas, idéias, impressões, pré-concepções, dúvidas, incertezas, surpresas e decepções. As reflexões podem ser de vários tipos:
• reflexões analíticas - o que está sendo aprendido
• reflexões metodológicas - procedimentos e estratégias metodológicas
• dilemas éticos e conflitos - relacionamento/conflitos entre aresponsabilidade profissional do pesquisador e o compromisso com os sujeitos
• mudança na perspectiva do observador - expectativas, opiniões, preconceitos e decepções do observador e sua evolução durante o estudo.
• esclarecimentos necessários - esclarecer aspectos que parecem confusos, elementos que necessitam de maior exploração.
VANTAGENS DA OBSERVAÇÃO:
• chegar mais perto dasperspectivas dos sujeitos
• ser útil para descobrir aspectos novos de um problema
• importante quando não existir uma base teórica sólida que oriente a coleta de dados
• permite a coleta de dados em situações em que formas de comunicação são impossíveis
• possibilita meio direto e satisfatório para estudar uma ampla variedade de fenômenos
• exige menos doobservador do que outras técnicas
• depende menos da introspecção ou da reflexão
• permite a evidência de dados não constantes do roteiro de entrevistas ou de questionários.

LIMITAÇÕES DA OBSERVAÇÃO:
• o pesquisador pode provocar alterações no comportamento do grupo observado
• o observado tende a criar impressões favoráveis ou desfavoráveis no pesquisador, favorecendo a...
tracking img